Com superávit e verba menor que Chará, conselho aprova contas do GaloClube Atlético Mineiro | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Com superávit e verba menor que Chará, conselho aprova contas do Galo

O conselho deliberativo do Atlético se reuniu na noite dessa terça-feira, na sede do clube, na região centro-sul de Belo Horizonte, para analisar as contas do Galo. Os valores foram aprovados. Para contratações, segundo estimativa do clube, o Atlético terá R$20 milhões. O valor é menor que o custo de Chará para o clube mineiro. O [?]

15:45 | 28/11/2018

O conselho deliberativo do Atlético se reuniu na noite dessa terça-feira, na sede do clube, na região centro-sul de Belo Horizonte, para analisar as contas do Galo. Os valores foram aprovados.

Para contratações, segundo estimativa do clube, o Atlético terá R$20 milhões. O valor é menor que o custo de Chará para o clube mineiro. O colombiano de 27 anos custou cerca de R$ 22,2 milhões, com dinheiro emprestado do ex-presidente Ricardo Guimarães, proprietário do Banco BMG.

O Galo espera ainda ter um superávit de R$ 2,6 milhões, sendo que espera receber R$ 304,8 milhões e gastar R$ 302,1 milhões. As receitas, previstas pelo clube, serão de competições/bilheteria/sócio-torcedor (43,4 milhões), receitas de transmissões /imagens (R$131,4 milhões), loterias (R$2,4 milhões), patrocínios (R$35 milhões), clubes de lazer (R$11,3 milhões), exploração da marca e lojas (R$1,5 milhão), Diamond Mall (R$ 9,8 milhões), cessão de direitos econômicos/federativos (R$70 milhões).

O conselho do clube, todavia, questionou o aumento de R$ 11 milhões com despesas na sede administrativa. Segundo o diretor de finanças e orçamento, Carlos Fabel, os gastos com professos, acordos trabalhistas e cíveis passaram a ser colocados nas despesas administrativas, motivo pelo qual o aumento foi tão observado.

 

Gazeta Esportiva

TAGS