Gallo tira satisfação com jornalista por críticas e clima fica tenso no CTClube Atlético Mineiro | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Gallo tira satisfação com jornalista por críticas e clima fica tenso no CT

O momento do Atlético é bastante questionável: falta de vitórias, time jogando mal e a vaga na Copa Libertadores claramente ameaçada. Junto com isso tudo, o diretor de futebol do clube, Alexandre Gallo, um dos nomes mais criticados atualmente, perdeu a paciência com um jornalista. Tudo começou após o repórter Roberto Abras dizer, ainda nos [?]

23:15 | 22/10/2018

O momento do Atlético é bastante questionável: falta de vitórias, time jogando mal e a vaga na Copa Libertadores claramente ameaçada. Junto com isso tudo, o diretor de futebol do clube, Alexandre Gallo, um dos nomes mais criticados atualmente, perdeu a paciência com um jornalista.

Tudo começou após o repórter Roberto Abras dizer, ainda nos tempos do técnico Thiago Larghi, que não era o treinador quem escalava a equipe. ?Estão buzinando muito na cabeça do Thiago Larghi. Tem gente dentro do Atlético escalando jogador. Eu sei disso e não adianta ligar para cá reclamando. Não sei se é o Alexandre, mas tem gente cornetando o trabalho do Thiago, que está um pouco perdido?, disse Abras em sua participação na Rádio Super Notícia.

Abras disse que não adiantava ligar para pressionar sobre a declaração. Gallo então foi tirar satisfação em pleno centro de treinamento. Enquanto o repórter conversava com o Presidente do clube Sérgio Sette Câmara, o diretor de futebol tirou satisfação.

O jornalista Roberto Abras, o mais antigo setoristas do Atlético-MG, informou a Alexandre Gallo que as informações foram passadas por jogadores do clube. Questionado sobre quais seriam esses atletas, o repórter não respondeu. O clima ficou quente e ambos precisaram ser contidos.

Alexandre Gallo virou o principal alvo de críticas da torcida atleticana. Tudo pelo excesso de contratações questionáveis para o clube mineiro. Na última semana, inclusive, alguns torcedores se manifestaram contra o dirigente na porta da sede do clube, na região centro-sul de Belo Horizonte, e um novo protesto está agendado para os próximos dias.

Mas as manifestações contrarias parecem não surtir efeito. Segundo Abras, ainda na rádio Super Notícia, acrescenta: ?Tenho informações que, apesar da manifestação da torcida, o Gallo vai permanecer?.

Gazeta Esportiva

TAGS