Para não deixar líderes escaparem, Galo enfrenta o Bahia longe de BHClube Atlético Mineiro | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Para não deixar líderes escaparem, Galo enfrenta o Bahia longe de BH

O Atlético tem uma dura missão, na noite desta segunda-feira, na Arena Fonte Nova. Além de enfrentar o Bahia, em seus domínios, às 20 h (de Brasília), desta segunda-feira, ainda precisa lutar para não ver os líderes do Campeonato Brasileiro, Flamengo e São Paulo, se distanciarem. Tanto Rubro-Negros quanto Tricolores venceram seus jogos no fim [?]

20:15 | 29/07/2018

O Atlético tem uma dura missão, na noite desta segunda-feira, na Arena Fonte Nova. Além de enfrentar o Bahia, em seus domínios, às 20 h (de Brasília), desta segunda-feira, ainda precisa lutar para não ver os líderes do Campeonato Brasileiro, Flamengo e São Paulo, se distanciarem.

Tanto Rubro-Negros quanto Tricolores venceram seus jogos no fim de semana. O Flamengo bateu o Sport, em casa, já o São Paulo venceu o Cruzeiro, em Belo Horizonte. Com isso, os times chegaram a 34 e 32 pontos, respectivamente. O Galo tem 26, na quarta colocação, e quer ficar mais próximo. Na terceira posição está o Internacional, com 29 tentos, e bateu o Botafogo, no domingo.

Para o duelo, o técnico Thiago Larghi perdeu o zagueiro Leonardo Silva. O defensor sentiu um desgaste muscular e ficará em Belo Horizonte para treinamentos físicos específicos. Com isso, Iago Maidana deve seguir na equipe. Já Gabriel, que ficou fora do último jogo, retorna recuperado de uma forte gripe. A principal baixa da equipe é o lateral-esquerdo Fábio Santos, que sofreu uma lesão no tornozelo esquerdo.

O treinador atleticano tem outras dúvidas que serão tiradas somente nos vestiários. O meia atacante Luan retornou de suspensão. O técnico pode voltar com o ?menino maluquinho? ou dar sequência da David Terans ou Tomas Andrade. Vale destacar que Cazares e Nathan também se tornaram opção e treinaram bem. Entre os volantes, é provável que Matheus Galdezani retorne a equipe. Segundo Thiago Larghi, porém, ele forma, ao lado de Elias, uma dupla de meias e somente José Welison é volante.

?É assim que a gente joga desde o início do ano (com três homens de meio). Desde que eu estou no comando a gente tenta colocar um time ofensivo, mas com três homens de meio-campo, com um jogador segurando e dois meias. No caso, hoje, estão Elias e Galdezani, já foi Blanco e Cazares. Enfim, são três homens no meio, com dois chegando à frente. [?] Temos feito isso desde o início do ano, não vai ser diferente agora?, destacou Larghi.

O Bahia está na boca da zona de rebaixamento. A equipe tem 16 pontos, na 16ª colocação, empatado em número de tentos com a Chapecoense, mas fora do Z4 por causa dos critérios de desempate.

A equipe quer aproveitar o conhecimento do técnico Enderson Moreira para bater o Galo. O treinador era comandante do América e acompanhou de perto o clube mineiro durante as disputas do regional em Minas Gerais.

O Bahia não poderá contar com Zé Rafael e Lucas Fonseca, ambos suspensos. Já Douglas, Nino e Kayke estão machucados. O volante Edson, por sua vez, precisou se ausentar para uma audiência no Piauí.

FICHA TÉCNICA

BAHIA X ATLÉTICO-MG

Local: Arena Fonte Nova, Bahia

Data: Segunda-feira, 30 de julho de 2018

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)

Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)

BAHIA: Anderson; Flávio, Douglas Grolli, Thiago e Léo (Mena); Nilton, Edson, Élber, Régis e Marco Antônio; Gilberto

Técnico: Enderson Moreira

ATLÉTICO?MG: Victor, Patric, Gabriel, Maidana, Carlos, José Welison, Elias, Matheus Galdezani, Luan, Chará, Ricardo Oliveira

Técnico: Thiago Larghi

Gazeta Esportiva

TAGS