PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Na Sula, Independiente-ARG bate o Bahia no final do jogo

Os Rojos ficam a um ponto de garantir a classificação na Copa Sul-Americana

09:10 | 19/05/2021
O Independiente-ARG venceu o Bahia e ficou a um ponto de garantir a classificação (Foto: Juan Mabromata / AFP)
O Independiente-ARG venceu o Bahia e ficou a um ponto de garantir a classificação (Foto: Juan Mabromata / AFP)

Na noite desta terça-feira, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana de 2021, o Bahia perdeu o confronto direto contra o Independiente, da Argentina, por 1 a 0, fora de casa, e se complicou na Chave B do torneio.

Os anfitriões até tiveram mais volume e dominaram a posse de bola no primeiro tempo, mas o time mais perigoso foi o brasileiro. Com o relógio marcando 11 minutos, Mino foi acionado em profundidade e cruzou para Gilberto, que testou pelo lado. Aos 23, foi a vez de Thaciano assustar. Após boa jogada coletiva, o meia recebeu dentro da área e chutou por cima.

Na volta do intervalo, o Tricolor seguiu sendo mais objetivo. Com 14 minutos, Rodriguinho cobrou escanteio, e Juninho, na marca do pênalti, cabeceou à centímetros da trave. Do outro lado, porém, os argentinos foram fatais ao desceram para o ataque. Aos 37, Douglas saiu do gol para afastar cobrança de falta, mas a bola bateu em Thonny Anderson e morreu no fundo da rede.

Faltando apenas um jogo para o fim da primeira fase, o Bahia está na vice-liderança do Grupo B, com oito pontos, três a menos que o líder Independiente. Para avançar, os brasileiros terão que vencer o Montevideo City na última rodada e torcer por uma derrota dos argentinos contra o lanterna Guabirá.

Chave do Corinthians segue aberta
Também nesta terça-feira, o Peñarol perdeu por 2 a 1 para o River Plate-PAR, fora de casa, e adiou a sua classificação às oitavas de final. Garcete colocou os anfitriões em vantagem, Agustin Alvarez deixou tudo igual, mas Caballero decretou o triunfo paraguaio.

Com o resultado, os uruguaios seguem na ponta, com 10 pontos, apenas dois a mais que o River Plate, que define o seu futuro contra o Corinthians na última rodada. O Timão, que joga nesta quinta-feira contra o lanterna Huancayo, está em terceiro, com quatro, sem chances de entrar na zona classificatória.