PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Corinthians revela ter 50% dos direitos econômicos de Luan e não 100%

O clube também informou que não possui 100% dos direitos do atleta Cantillo

09:19 | 30/03/2021
Corinthians corrigiu informação sobre Luan e revelou não ter 100% dos direitos econômicos do jogador (Foto: Rodrigo Coca/ Agência Corinthians)
Corinthians corrigiu informação sobre Luan e revelou não ter 100% dos direitos econômicos do jogador (Foto: Rodrigo Coca/ Agência Corinthians)

O Corinthians emitiu um comunicado oficial na noite desta segunda-feira para apontar correções do balanço divulgado na semana passada. O clube atribuiu a errata aos erros de digitação contidos no documento, alegando não ter qualquer interferência no resultado final.

Um dos pontos corrigidos foi referente aos direitos de quatro atletas. O documento informava que o meia-atacante Luan tinha 100% de seus direitos econômicos pertencentes ao Timão. Porém, o clube explicou que possui, na verdade, apenas 50% do atleta adquirido por R$ 28,9 milhões.

Em relação a Cantillo, o clube não detém 100% dos direitos, mas sim 70%. Já outros dois jogadores têm uma parcela maior ligada ao Alvinegro do que informado anteriormente: Araos (100% do Corinthians, e não 20%) e Ramiro (80% pertencentes ao clube, e não 70%).

O Corinthians ainda apontou outro erro de digitação. O valor de provisões sobre ações trabalhistas cíveis, trabalhistas e tributários totalizadas em 31/12/2020 é de R$ 61,7 milhões, e não de R$ 806.868. Este item estava errado apenas no texto, mas correto na tabela da mesma página.

Confira abaixo a nota oficial na íntegra:

O Sport Club Corinthians Paulista informa as seguintes correções a serem feitas nas notas do balanço publicado no último dia 26, devido a erros de digitação. Nenhuma das seguintes correções acarreta alteração dos resultados apresentados.

No Item 9 (Intangível), com respeito à tabela do quadro de Atletas (à pág. 39), seguem os percentuais corrigidos:

- Luan: 50%
- Araos: 100%
- Ramiro: 80%
- Cantillo: 70%

O texto do Item 15 (Provisão para Contigências, à pág. 46) se refere incorretamente ao valor de provisões sobre ações trabalhistas cíveis, trabalhistas e tributários totalizadas em 31/12/2020. O valor correto é o que está apresentado na tabela da mesma nota, de R$ 61,7 milhões.

O Clube informou todas essas correções à auditoria responsável, que procederá aos reparos necessários. Reiteramos que nenhuma dessas correções altera os resultados apresentados, bem como sua análise.

Atenciosamente,
Sport Club Corinthians Paulista