PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Lindsay Camila, técnica campeã da Libertadores, diz: "Estamos melhorando a imagem do futebol feminino"

Lindsay foi a primeira mulher a ganhar o título continental como treinadora

09:05 | 29/03/2021
Lindsay conquistou o primeiro título continental da sua carreira. A Ferroviária conseguiu o bicampeonato da competição (Foto: Divulgação / Ferroviária )
Lindsay conquistou o primeiro título continental da sua carreira. A Ferroviária conseguiu o bicampeonato da competição (Foto: Divulgação / Ferroviária )

A Ferroviária fez história no último final de semana. Vencendo o América de Cali por 2 a 1, na final da Libertadores Feminina, a brasileira Lindsay Camila se tornou a primeira técnica mulher a conquistar o título da competição.

A treinadora participou neste domingo, 28, do programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, e confessou que não esperava chegar à final da Libertadores.

"Dizer que sabíamos que chegaríamos à final, não consigo afirmar! Tivemos um caminho menos difícil do que o Corinthians e o Avaí Kindermann, nosso lado da chave estava propício para que pudéssemos chegar à final", comentou.

Ainda assim, a equipe Grená sofreu na competição, principalmente na fase de grupos, quando quase ficou pelo caminho. A classificação veio na última rodada.

"Nós não apresentamos o melhor futebol, assim como o Palmeiras e o Flamengo (no masculino). Esse tipo de torneio precisa saber jogar. Saímos de uma primeira fase desacreditadas, com 3% de chances de classificação, e conseguimos chegar na final. Não vai ser o melhor futebol, até porque nós jogamos a cada 72 horas, tempo de descanso mínimo. Mas estamos conseguindo melhorar a imagem do futebol feminino", completou Lindsey.

A treinadora também comentou sobre a situação do futebol feminino no Brasil. Como o esporte evoluiu e pode continuar crescendo ainda mais, ganhando cada vez mais espaço a partir de grandes conquistas como o título da Ferroviária.

"Resultado nos temos, já alcançamos algumas coisas... Porém, é claro que ainda estamos evoluindo a nível técnico, físico e tático. As coisas no futebol feminino estão melhorando a passos largos... precisamos de estrutura e apoio financeiro. Para que a gente tenha bons resultados e o torcedor comece a assistir mais, a gente precisa apresentar um futebol melhor também. Mas para que a gente melhore, precisamos de mais atletas praticando, mais pessoas vendo... uma coisa vai puxando a outra", concluiu Lindsay Camila.