PUBLICIDADE
NOTÍCIA

FPF e clubes se reúnem para decidir futuro do Paulistão nesta segunda

A Federação Paulista esperar encontrar uma maneira de viabilizar o curso do torneio, na reunião que teará com os clubes

09:14 | 29/03/2021
FPF irá se reunir com os clubes em busca de resolver a continuação do Campeonato Paulista (Foto: RCORSI)
FPF irá se reunir com os clubes em busca de resolver a continuação do Campeonato Paulista (Foto: RCORSI)

Com a fase emergencial do Plano São Paulo ampliada pelo governo estadual, o Campeonato Paulista vive momentos de indefinição. Às 10 horas (de Brasília) desta segunda-feira, de maneira virtual, a FPF se reunirá com representantes dos clubes para discutir o futuro do torneio.

Com o recrudescimento da pandemia de Covid-19 no estado, o governo instaurou a fase emergencial de 15 a 30 de março, o que causou a paralisação do Paulista. Insatisfeita com a medida, a FPF pretendia retomar a disputa do torneio a partir de 31 de março, mas a etapa mais restritiva do protocolo para conter a covid foi estendida até 11 de abril.

Na tentativa de manter o Paulista em curso, a FPF tentou levar jogos para outros estados, mas enfrentou dificuldades. Com a doação de equipamentos de combate à Covid-19 como contrapartida, a entidade conseguiu promover apenas duas partidas na cidade de Volta Redonda, Rio de Janeiro.

Disposta a manter o Campeonato Paulista em curso durante a fase emergencial, a entidade presidida por Reinaldo Carneiro Bastos chegou a cogitar a judicialização do caso, mas a medida, a princípio, foi descartada pela FPF e seus filiados em reunião.

Na prática, apenas quatro das 12 rodadas da primeira fase já foram disputadas de forma completa. Para evitar o comprometimento do calendário à frente, a ideia da FPF era manter a final do Campeonato Paulista para o dia 23 de maio, como previsto inicialmente.

Além da conferência com os representantes da elite do futebol paulista, a FPF também se reunirá de maneira virtual com os integrantes das Séries A2 e a A3 às 15 e às 17h30 para discutir o futuro dos torneios diante das novas determinações do governo estadual.