PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Com gol aos 47 do segundo tempo, Athletico-PR vence em casa o Atlético-GO

Com 50 pontos e ocupando a oitava colocação, o Furacão se aproxima de conseguir a vaga na pré-Libertadores

08:42 | 15/02/2021
Atlhetico-PR venceu o Atlético-GO por 2 a 1 com direito a gol nos minutos finais. (Foto: Fábio Wosniak/Athletico-PR)
Atlhetico-PR venceu o Atlético-GO por 2 a 1 com direito a gol nos minutos finais. (Foto: Fábio Wosniak/Athletico-PR)

O duelo entre Athletico-PR e Atlético-GO, na Arena da Baixada, na noite deste domingo, terminou com vitória do Furacão por 2 a 1, resultado que colocou os donos da casa na 8ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 50 pontos somados. Já os goianos permaneceram na 13ª posição com 46 pontos, com boa vantagem na disputa por vagas na Copa Sul-Americana da próxima temporada.

A vitória acabou com a sequência de empates dos donos da casa pelo Brasileirão. Do outro lado, os visitantes amargaram o quarto jogo sem vitória na competição nacional.

O Athletico-PR volta a campo pelo Brasileirão no próximo domingo, quando viaja a Porto Alegre para enfrentar o Grêmio, às 18h15 (de Brasília). Já o Atlético-GO visita o Palmeiras no Allianz Parque na segunda-feira (dia 22/02), às 18h.

Os donos da casa conseguiram dominar a posse de bola no primeiro tempo, mas os 20 minutos iniciais da partida foram de contra-ataques perigosos do Atlético-GO. O chute de fora da área de Chico foi o melhor lance da equipe goiana na primeira etapa. Do outro lado, o Furacão buscou mais os lados do campo, mas não conseguiu levar perigo ao gol defendido por Jean.

Para o segundo tempo, Paulo Autuori optou por colocar o experiente Jadson no lugar de Renato Kayzer. Os donos da casa voltaram mais agressivos para os 45 minutos finais e Vitinho conseguiu encontrar o primeiro gol da partida aos 17 minutos: depois de receber passe de Abner, o meia limpou a marcação e chutou no canto esquerdo de Jean.

Logo na sequência, Marcelo Cabo optou pela entrada de Roberson no lugar de Chico, pelos visitantes. A substituição deu certo: aos 26 minutos, Roberson venceu Thiago Heleno no alto e cabeceou para empatar a partida em Curitiba.

Mesmo pressionando pelo resultado positivo, o Athletico-PR esbarrou na falta de criatividade para criar oportunidades que pudessem levar perigo ao adversário, que chutou mais a gol e soube trabalhar os contra-ataques com mais eficiência. No desespero de final de jogo, foi a vez de Thiago Heleno vencer a defesa do Atlético-GO pelo alto e dar a vitória aos donos da casa aos 47 minutos.