PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Com drenagem e gramado "padrão Fifa", PV deve ser reaberto até junho de 2021

Processo de licitação tem previsão para ser concluído até dezembro, quando será dada a ordem de serviço para início das obras. Estádio estava sendo usado como hospital de campanha, no combate ao novo coronavírus, até o início desta semana

Vinícius França
09:34 | 22/09/2020
Presidente Vargas abrigou hospital de campanha para tratamento de Covid-19
 (Foto: Fabio Lima)
Presidente Vargas abrigou hospital de campanha para tratamento de Covid-19 (Foto: Fabio Lima)

Depois de servir como hospital de campanha para o combate ao novo coronavírus, o estádio Presidente Vargas (PV) agora entra em um processo de reabertura e readequação do gramado. A operação deve durar até o primeiro semestre de 2021. Em contato via assessoria de imprensa, a Prefeitura de Fortaleza explicou os trâmites infraestruturais e burocráticos que devem ocorrer até que a praça esportiva esteja novamente disponível para receber jogos.

LEIA MAIS | Hospital do PV começa a ser desmontado

Até o final deste mês de setembro, a Central de Licitações da Prefeitura (CLFor) deve estar recebendo um projeto enviado pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), que servirá como base para o processo de licitação para eleger a empresa que fará toda a reforma do gramado do PV. Caso não ocorram problemas, o procedimento deve ser finalizado em dois meses.

Após este período, é dada a ordem de serviço para iniciar o processo de drenagem e a colocação de um gramado "padrão Fifa". A obra deve durar, segundo a Prefeitura de Fortaleza, de cinco a seis meses e tem previsão de conclusão até o primeiro semestre de 2021, entre maio e junho.

O hospital de campanha do Presidente Vargas, no bairro Benfica, foi desativado na manhã dessa segunda-feira, 21. O equipamento foi construído na Capital para acolher pacientes infectados com o novo coronavírus. Construído em menos de um mês, a unidade hospitalar começou a funcionar em 18 de abril e atendeu 1.239 pacientes. Ao todo, 1.025 saíram recuperados da doença e 214 morreram.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >