PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Ferroviário perde por 2 a 0 para o Paysandu na Arena Castelão

Gols de Vinícius Leite e Nicolas construíram o resultado para os visitantes

21:55 | 20/09/2020
Ferroviário enfrentou o Paysandu na Arena Castelão  (Foto: Lenilson Santos/Ferroviário AC)
Ferroviário enfrentou o Paysandu na Arena Castelão (Foto: Lenilson Santos/Ferroviário AC)

O Ferroviário perdeu por 2 a 0 para o Paysandu na Arena Castelão na noite deste domingo, 9, em jogo válido pela sétima rodada da Série C do Brasileirão. Os gols do Bicolor foram marcados pelos atacantes Vinícius Leite e Nicolas, ambos no primeiro tempo.

Com o resultado, o Papão sobe para o terceiro lugar da tabela do Grupa A e soma dez pontos. O Tubarão, por sua vez, permanece na vice-colocação, com 11 pontos. O próximo compromisso da equipe cearense será contra o Imperatriz no sábado, 26, às 17 horas, no estádio Frei Epifânio, no Maranhão.

Antes do apito inicial, os atletas do Ferroviário fizeram um protesto contra a decisão da CBF de tirar jogos das Séries C e D do Brasileirão da Arena Castelão. Com a posse de bola no campo defensivo, os jogadores ficaram parados por nove segundos com os dois punhos erguidos para o alto. Cada segundo representa um jogo do Ferrão como mandante no campeonato.

A fase inicial da partida não teve grandes chances, apesar da proatividade dos times em tentar trocar passes e criar oportunidades. Os primeiros minutos foram mais movimentados, mas, com o tempo, as equipes começaram a se estudar mais e a cadenciar o jogo.

Aos 22 minutos, porém, o Paysandu encaixou muito bem a sua jogada em velocidade e conseguiu abrir o placar. O Papão construiu o ataque pela direita com William Barros, que virou o jogo para Juninho. O meia passou para Vinícius Leite bater colocado no canto esquerdo de Nicolas, anotando um belo gol na Arena Castelão.

Naturalmente, o gol sofrido fez o Ferroviário partir para cima do adversário. Pelo lado esquerdo, Tiago Costa aproveitou os espaços para avançar e tentar cruzamentos para a grande área. Mas foi pela direita que uma grande jogada de perigo foi criada: Willian Lira chutou e Gabriel Leite defendeu. Na volta, Siloé finalizou e o zagueiro Micael tirou em cima da linha.

A chance perdida fez muito falta logo em seguida. Aos 34 minutos, William Barros recebeu belo lançamento de Juninho e arrancou com velocidade. Na grande área, o camisa 94 deu um belo traço no zagueiro Túlio e passou para Nicolas, que só empurrou para a meta e fez 2 a 0. O Papão quase faria o 3 a 0 aos 42 minutos, quando Juninho teve chance claríssima ao encontrar o campo aberto para um contra-ataque, mas parou nas mãos do goleiro coral.

Na segunda etapa, a entrada do André Mensalão foi uma das armas do Marcelo Vilar para incrementar a criação aumentar o volume de jogo do Ferrão. E a estratégia deu certo: a equipe teve muito mais presença ofensiva do que o adversário nos primeiros minutos e o goleiro bicolor teve que trabalhar em alguns lances.

Porém, a pressão não durou muito tempo com a qualidade que o time precisava para, pelo menos, diminuir o placar. Apesar de certa dificuldade, o Tubarão ainda estava em iguais condições com o Papão no 11 contra 11, mas perdeu Wellington Rato aos 32 minutos, expulso por falta dura após levar o segundo cartão amarelo.

Sem conseguir furar o bloqueio bicolor, o Ferroviário conheceu sua primeira derrota depois de uma sequência invicta na Série C. Já o Paysandu encaminhou a segunda vitória seguida e entrou no G4 da competição.