PUBLICIDADE
Esportes

Técnico da Coreia do Sul lamenta ?fatalidade? e exalta seleção sueca

Nem mesmo a grande atuação do goleiro Cho Hyun-woo evitou a estreia com derrota da Coreia do Sul na Copa do Mundo. Em Níjni Novgorod, o jogo não foi daqueles de encher os olhos e acabou definido em uma cobrança de pênalti, assinalado pelo árbitro apenas sob conferência do VAR. Após a partida, o treinador sul-coreano [?]

13:30 | 18/06/2018

Nem mesmo a grande atuação do goleiro Cho Hyun-woo evitou a estreia com derrota da Coreia do Sul na Copa do Mundo. Em Níjni Novgorod, o jogo não foi daqueles de encher os olhos e acabou definido em uma cobrança de pênalti, assinalado pelo árbitro apenas sob conferência do VAR.

Após a partida, o treinador sul-coreano optou por não criticar a atuação de seus atletas, e aproveitou para rasgar elogios ao adversário. Segundo Shin Tae-Yong, a Suécia é uma das grande seleções da Copa que, mesmo sem os holofotes das favoritas, conseguirá se sobressair sobre os adversários principalmente pelo aspecto físico, considerado o diferencial nesta segunda-feira.

?No segundo tempo fizemos alguns ajustes para fazer valer a velocidade dos nosso jogadores e, dessa forma, tentar criar oportunidades, mas os jogadores suecos são realmente muito bons e inteligentes. Dos 32 times que disputam essa Copa do Mundo, a Suécia é um dos melhores. Eles possuem condições físicas muito superiores e fizeram essa vantagem valer hoje também?, disse Shin Tae-Yong

Na próxima rodada, a Coreia do Sul viaja até Rostov para enfrentar a seleção do México, que estreou no Mundial vencendo nada mais, nada menos, que a atual campeã mundial Alemanha. Justamente por isso, Tae-Yong colocou a equipe comandada por Juan Carlos Osorio como ?a ser batida? e espera seus comandados com uma postura diferente.

?Nós realmente queríamos a vitória nesse jogo. É uma pena que não veio hoje, mas agora a atitude é o que temos para seguir com a preparação visando o jogo contra o México. Eles vão ser um adversário muito difícil, haja visto o que fizeram contra Alemanha. Temos de encontrar nossa maneira de melhorar?, completou.

Gazeta Esportiva

TAGS