PUBLICIDADE
Esportes

Southgate deixa seleção inglesa sonhar com voos altos na Rússia

A Inglaterra tem o terceiro elenco mais novo da Copa do Mundo e tenta chegar menos desacreditada em um Mundial do que nas edições passadas. Sem conseguir chegar nas semifinais desde 1990, na Itália, os ingleses se reinventaram ao comando de Gareth Southgate e acreditam que é possível fazer uma boa campanha e apagar a eliminação [?]

15:45 | 11/06/2018

A Inglaterra tem o terceiro elenco mais novo da Copa do Mundo e tenta chegar menos desacreditada em um Mundial do que nas edições passadas. Sem conseguir chegar nas semifinais desde 1990, na Itália, os ingleses se reinventaram ao comando de Gareth Southgate e acreditam que é possível fazer uma boa campanha e apagar a eliminação precoce no Brasil em 2014, ainda na fase de grupos.

O jovem técnico mudou o sistema de jogo inglês e, no psicológico, incentiva seus jogadores a acreditarem que podem ir longe. ?Por que eu limitaria o que eles sentem ser possível? Meu trabalho é permitir que as pessoas sonhem. Faça o impossível parecer possível. Nenhum de nós vai ficar animado ou sair da cama apenas para sair do grupo. Eles estão em na idade e têm fome, entusiasmo e qualidade para que possam continuar melhorando?, disse.

?Temos que melhorar para alcançar os últimos estágios de um torneio e isso vai exigir muito trabalho nas próximas semanas e um grande compromisso. Mas estou vendo evidências de que eles estão abraçando esse desafio ?, completou o comandante.

No comando da seleção desde 2016, depois da eliminação na Eurocopa nas oitavas de final, para a surpresa Islândia, Southgate espera que o grupo tenha aprendido com a experiência para não sofrer algo parecido na Rússia. ?O que tentamos fazer não é enterrar essa experiência. Se você enterrá-lo e não discutir por que isso aconteceu, você não aprenderá a lição. Foi uma decepção. Com o tempo, os jogadores têm sido mais abertos sobre isso e implementamos métodos e trabalho psicológico para lidar com esses problemas?

O técnico completou exaltando seus atletas e a camisa da Inglaterra. ?Esta é uma equipe diversificada com diferentes conjuntos de habilidades e eles têm a chance de fazer sua própria história. Sempre que você está na Inglaterra, você tem a oportunidade de fazer história ?.

A estreia inglesa acontece na segunda (18), contra a Tunísia.

Gazeta Esportiva