PUBLICIDADE
Copa do Mundo

Paulinho evita falar sobre a Espanha e valoriza ambiente da Seleção

O meio-campista Paulinho, conhecedor do futebol espanhol, preferiu não comentar a crise vivida pela equipe europeia, marcada pela saída do técnico Julen Lopetegui. Cauteloso ao ser questionado sobre o assunto, o jogador do Barcelona ficou mais à vontade para falar sobre o ambiente da Seleção Brasileira antes da Copa do Mundo. Insatisfeito com a negociação […]

13:30 | 13/06/2018

O meio-campista Paulinho, conhecedor do futebol espanhol, preferiu não comentar a crise vivida pela equipe europeia, marcada pela saída do técnico Julen Lopetegui. Cauteloso ao ser questionado sobre o assunto, o jogador do Barcelona ficou mais à vontade para falar sobre o ambiente da Seleção Brasileira antes da Copa do Mundo.

Insatisfeito com a negociação de Lopetegui com Real Madrid, Luis Rubiales, presidente da Federação Espanhola de Futebol, anunciou nesta quarta-feira a dispensa do técnico. Dois dias antes da estreia contra Portugal, o ex-jogador Fernando Hierro foi empossado.

“Com certeza, a Espanha é uma das favoritas, com grandes jogadores e um time de alto nível. Na questão da saída do treinador, prefiro não me meter. Falaram muitas coisas, mas prefiro não me meter, até mesmo porque estou focado na Seleção Brasileira”, disse Paulinho.

Enquanto o elenco espanhol vive momento conturbado, o time comandado pelo técnico Tite desfruta de dias de tranquilidade antes da Copa do Mundo da Rússia, situação amparada na campanha de 17 vitórias, três empates e uma derrota da atual gestão.

“Lealdade, precisa na vida e também aqui na Seleção. Os 23 convocados têm condição de jogar, então é natural que exista competição, mas de forma leal. Dessa forma, todos ganham. Com o Tite, sempre foi assim e esse grupo é excepcional”, disse Paulinho.

Com o volante do Barcelona como titular, a Seleção estreia na Copa do Mundo da Rússia às 15 horas (de Brasília) deste domingo, contra a Suíça, em Rostov. O Brasil deve jogar com Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro; Willian, Paulinho, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus.

Gazeta Esportiva

Recomendadas para você

Comentários