PUBLICIDADE
Esportes

Maradona não poupa críticas a Sampaoli após tropeço da Argentina

13:45 | 17/06/2018
NULL
NULL

[FOTO1] A Argentina estreou na Copa do Mundo da Rússia com um empate por 1 a 1 diante da modesta Islândia. O resultado não agradou nada o ídolo argentino Diego Armando Maradona, que não poupou críticas a Sampaoli, treinador da seleção. Em outras oportunidades, o ex-jogador já havia deixado claro que não gostava do estilo de jogo imposto pelo comandante e disse que se o time continuar jogando assim Sampaoli não deveria nem voltar para o país.

“Jogando desta maneira, Sampaoli não pode voltar para a Argentina. É uma vergonha não ter uma jogada preparada. Sabendo que os islandeses medem 1,90, batemos todos os escanteios para cabecear. Não fizemos uma jogada curta” declarou Maradona durante o programa que apresenta na emissora TeleSur.

O astro argentino ainda disse que a responsabilidade da má fase da seleção é exclusivamente do treinador, eximindo os jogadores de qualquer culpa. “Eu não culpo os jogadores, mas posso colocar a culpa no trabalho. Creio que não há, isso ficou claro. Pode ter 25 treinadores com você, mas tem que trabalhar porque vimos que a Islândia tinha mais trabalho do que a Argentina, e isso me dá muita pena”, declarou.

Por fim, o campeão do mundo em 1986 levantou a hipótese de que há um problema de relacionamento no plantel argentino. “Me parece que há uma raiva geral dentro da equipe porque seguramente uma pessoa escuta um, e outra a outra. A verdade, vendo Messi dentro do campo, estava muito quente como eu também”, finalizou.

Os comandados de Jorge Sampaoli voltam a campo no Mundial para encarar a Croácia, na quinta-feira, às 15h (de Brasília), na cidade de Nizhny Novgorod, em duelo fundamental para a classificação.

 


Gazeta Esportiva

TAGS