PUBLICIDADE
Esportes

Islandeses homenageiam goleiro nigeriano cortado por leucemia

Após arrancar um surpreendente empate com a Argentina no último sábado, pela estreia da Copa do Mundo da Rússia, a seleção islandesa realizou outro feito de se tirar o chapéu nesta segunda-feira. Desta vez, porém, a ação não foi dentro de campo. Os jogadores fizeram uma homenagem a Carl Ikeme, goleiro da Nigéria que recentemente [?]

12:45 | 18/06/2018

Após arrancar um surpreendente empate com a Argentina no último sábado, pela estreia da Copa do Mundo da Rússia, a seleção islandesa realizou outro feito de se tirar o chapéu nesta segunda-feira. Desta vez, porém, a ação não foi dentro de campo. Os jogadores fizeram uma homenagem a Carl Ikeme, goleiro da Nigéria que recentemente foi diagnosticado com leucemia e acabou ficando de fora do Mundial.

Os nigerianos serão os próximos adversários da Islândia, pelo Grupo D da competição, na próxima sexta-feira, em Volgogrado. Quem se antecipou ao encontro foi o meia Jon Dadi Bodvarsson, companheiro de Ikeme no Wolverhampton-ING, que postou uma imagem junto aos companheiros segurando uma camisa da seleção nórdica com o nome do arqueiro. O post foi republicado pela página oficial da Federação.

 

â??Todos nós na Islândia estamos com você, Carl Ikemeâ?, escreveu o atleta islandês.

Aos 32 anos de idade, Ikeme vinha sendo frequentemente convocado para defender a Nigérie e, inclusive, era cotado a ser titular da equipe na Copa. O goleiro foi diagnosticado com o câncer em julho de 2017 e se viu impossibilitado de atuar no Mundial da Rússia em 2018.

Islândia e Nigéria se enfrentam a partir das 12h (no horário de Brasília) da próxima sexta-feira. Pelo Grupo D da Copa, as seleções tentarão a primeira vitória no torneio. Após o empate com a Argentina, os Vikings somam um ponto na classificação. As Super Águias, por sua vez, perderam por 2 a 0 da Croácia e, com nenhum ponto somado, ocupam a lanterna da chave.

Gazeta Esportiva

TAGS