PUBLICIDADE
Esportes

Funcionário da Latam é demitido após envolvimento em vídeo machista na Copa do Mundo

A empresa divulgou nota de repúdio sobre a ação do ex-funcionário. Felipe Wilson era supervisor de voos da empresa

14:02 | 20/06/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
A Latam demitiu nesta quarta-feira, 20, um funcionário envolvido em vídeo machista com russas durante a Copa do Mundo da Rússia. Felipe Wilson apareceu na gravação com amigos pedindo para que três russas repetissem uma frase de baixo calão em português. A empresa emitiu comunicado repudiando a ação do ex-supervisor de voos.

Nas imagens, os dois homens incentivam as mulheres a falar: “eu quero dar a b... para vocês”. A Latam se mostrou incomodada com a postura do funcionário e divulgou um novo comunicado para tratar sobre a saída do funcionário. “A Latam Airlines Brasil repudia veementemente qualquer tipo de ofensa ou prática discriminatória e reforça que qualquer opinião que contrarie o respeito não reflete os valores e os princípios da empresa. A partir deste pressuposto, a companhia informa que tomou as medidas cabíveis, conforme seu código de ética e conduta", informou.

Durante a Copa, já foram registrados pelo menos três vídeos com cunho machista. Nesta quarta-feira, uma nova filmagem mostra um brasileiro agindo de maneira semelhante ao pedir para uma russa falar "você vai dar para todo mundo de Montes Claros".
 
Redação O POVO Online 
TAGS