PUBLICIDADE
Esportes

Cristiano Ronaldo derruba estatísticas favoráveis à Espanha

A posse e o controle da bola não podem nada diante do imponderável. Em grande parte do empate eletrizante entre Portugal e Espanha por 3 a 3, os espanhóis tiveram maior volume de jogo, especialmente quando estiveram na frente do marcador. Entretanto, em jornada inspirada de Cristiano Ronaldo, o placar acabou ficando igual. Foram pouco [?]

17:30 | 15/06/2018

A posse e o controle da bola não podem nada diante do imponderável. Em grande parte do empate eletrizante entre Portugal e Espanha por 3 a 3, os espanhóis tiveram maior volume de jogo, especialmente quando estiveram na frente do marcador. Entretanto, em jornada inspirada de Cristiano Ronaldo, o placar acabou ficando igual.

Foram pouco mais de 12 finalizações ao todo da Fúria, contra 8 dos portugueses. Dessas as três foram no gol, todas elas, do astro português, autor dos gols da equipe comandada por Fernando Santos na partida.

Mesmo com a troca no comando técnico, a Espanha não perdeu sua principal virtude, a posse de bola, e o domínio sobre o adversário. Porém, o time deu brechas para os contra-ataques bem armados dos Lusos. Os comandados de Fernando Hierro trocaram 693 passes, com acerto de 91%, quase que o dobro do rival.

Estando duas vezes atrás do marcador, os espanhóis mostraram poder de reação ao buscar o resultado, mas faltou controlar mais o jogo, não apenas com a bola nos pés, mas diminuir os espaços a Portugal, e não ter bobeado, como Piqué fez ao cometer falta em Cristiano Ronaldo na entrada da área.

O gajo, por sinal, fez a sua melhor exibição em uma partida de Copa do Mundo. Com três gols anotados, foi mais do que o cara da partida, conseguiu derrubar as estatísticas, que foram a favor da Espanha.

Gazeta Esportiva

TAGS