PUBLICIDADE
Esportes

Copa do Mundo: recordes e tabus quebrados na primeira rodada

00:00 | 20/06/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
A Copa do Mundo da Rússia chegou ao encerramento da primeira rodada. A competição até aqui vem sendo bem disputada, o que rendeu a quebra de alguns tabus e recordes.

Confira quais na lista que o Esportes O POVO preparou:

Brasil deixa de vencer em estreia pela primeira vez desde 1978

A seleção brasileira quase chegou à 10ª Copa do Mundo seguida com vitórias em estreias de Copa do Mundo. O tabu foi quebrado pela Suíça no empate por 1 a 1, em Rostov.

A última vez que isso havia acontecido, em 1978, o Brasil ficou no empate com a Suécia, também por 1 a 1.
 
 
Seleções que chegam como campeões não vencem na estreia desde o Brasil em 2006

A última vez que um campeão venceu na estreia da Copa do Mundo foi em 2006, na Alemanha. O Brasil venceu a Croácia por 2 a 1. Depois daí não ocorreram mais vitórias de times que chegam como campeões do Mundial anterior.

A Itália empatou com o Paraguai por 1 a 1, em 2010; a Espanha foi goleada pela Holanda por 5 a 1, em 2014; e a Alemanha perdeu para o México por 1 a 0, neste Mundial em 2018. 

Artilheiro com longevidade

Cristiano Ronaldo marcou três gols no empate de Portugal contra a Espanha, por 3 a 3. O português igualou a marca de Pelé, Klose e Seeler como os únicos jogadores a marcar gols em quatro Copas do Mundo diferentes.

Outros dois jogadores podem alcançar essa marca neste torneio: Tim Cahill, da Austrália, e Rafa Márquez, do México.

México quebra invencibilidade alemã de oito jogos

Os alemães chegaram ao Mundial da Rússia com um recorde em vista: os 13 jogos de invencibilidade do Brasil em Copas. Mas o sonho foi por água abaixo logo na estreia.

A seleção alemã ficou ao todo oito partidas sem conhecer derrotas. Desde a semifinal da Copa de 2010 não era derrotada.

Mais Copas como capitão

Rafa Marquez, do México, entrou para duas seletas listas: a de jogadores que disputaram o Mundial por cinco vezes e além disso entrará para a história como o único jogador a ter sido capitão de uma seleção por cinco Copas do Mundo.

Os recordes foram batidos quando o atleta entrou no segundo tempo da partida contra a Alemanha.

Recorde de pênaltis marcados

A edição de 2018 da Copa do Mundo bateu o recorde que pertencia a competição de 2014, no Brasil. Foram marcados nove penalidades confirmadas na primeira rodada, marca que supera os seis de quatro anos atrás.

Vale destaque para as quatro penalidades confirmadas com ajuda do árbitro de vídeo.
Portugal 3 x 3 Espanha (Cristiano Ronaldo marcou o gol)
França 2 x 1 Austrália (Griezmann e Jerdinak marcaram os gols)
Argentina 1 x 1 Islândia (Messi perdeu)
Peru 0 x 1 Dinamarca (Cueva perdeu)
Croácia 2 x 0 Nigéria (Modric marcou o gol)
Suécia 1 x 0 Coreia do Sul(Granqvist marcou o gol)
Tunísia 1 x 2 Inglaterra (Sassi fez gol)

Barcelona tem jogadores em todos os grupos

Pela primeira vez na história dos Mundiais jogadores de um clube são presenças certas em todos os grupos da Copa do Mundo. O Barcelona é o detentor deste feito.

Luis Suarez, do Uruguai (grupo A); Gerard Pique, Sergio Busquets, Jordi Alba, da Espanham (grupo B); Samuel Umtiti e Ousmane Dembele, da França (grupo C); Lionel Messi, da Argentina, e Ivan Rakitic, da Croácia (grupo D); Philippe Coutinho e Paulinho, do Brasil (grupo E); Marc-André ter Stegen, da Alemanha (grupo F);  Thomas Vermaelen, da Bélgica (grupo G); e Yerry Mina, da Colômbia (grupo H).
TAGS