PUBLICIDADE
Esportes

Com bom primeiro tempo, Inglaterra vence Nigéria em amistoso

Neste sábado, ainda em preparação para a Copa do Mundo, a Inglaterra teve amplo domínio sobre a Nigéria no Estádio de Wembley, em Londres, e venceu o amistoso por 2 a 1. Fora o susto no início do segundo tempo, os donos da casa tiveram boa atuação e não muitas dificuldades para confirmar o favoritismo. [?]

15:30 | 02/06/2018

Neste sábado, ainda em preparação para a Copa do Mundo, a Inglaterra teve amplo domínio sobre a Nigéria no Estádio de Wembley, em Londres, e venceu o amistoso por 2 a 1. Fora o susto no início do segundo tempo, os donos da casa tiveram boa atuação e não muitas dificuldades para confirmar o favoritismo. Gary Cahill e Harry Kane fizeram para o Brittish Team, enquanto Alex Iwobi diminuiu para os africanos.

Os ingleses ainda farão mais um teste antes da estreia no Mundial da Rússia. Na próxima quinta-feira, medem forças com a Costa Rica, em amistoso no Elland Road, em Leeds. Um dia antes, a Nigéria também fará seu último jogo preparatório, contra a República Tcheca, no Rudolf-Tonn-Stadion, na Áustria.

Na primeira fase da Copa, os britânicos se encontram no Grupo G, junto a Tunísia, Bélgica e Panamá. Os nigerianos, por sua vez, dividem o Grupo D com Argentina, Croácia e Islândia.

O Jogo

A Inglaterra começou melhor na partida e mostrou que a bola aérea é uma das principais forças desta seleção. Tanto é que, logo aos sete minutos, Trippier cobrou escanteio pela direita e Cahill apareceu na marca do pênalti para escorar. O zagueiro subiu alto, levou vantagem em relação aos defensores e colocou a bola no ângulo, sem chances de defesa.

Com a bola no chão, Sterling começou a se destacar e e a levar perigo ao gol nigeriano. Primeiro, balançando para cima do marcador e soltando a perna direita, para a defesa de Uzoho. Depois, carregando pela esquerda em velocidade, invadindo a área e tocando por cima do goleiro, que viu a bola passar lambendo sua trave esquerda.

Com dificuldades para manter a posse da bola, a Nigéria pouco conseguiu fazer para alcançar o empate. Muitos passes errados, algumas tentativas de ligação direta e quase nenhum chute a gol.

Aos 28, Lingard por pouco não ampliou a contagem. Trippier recebeu pela direita e cruzou rasteiro. O meia do Manchester United infiltrou na área adversária e tentou o desvio na primeira trave. Porém, Uzoho, ligado no lance, salvou a seleção africana.

Aos 36, Harry Kane recebeu bom lançamento pelo alto e deixou a bola com Sterling.  Na entrada da área, o camisa 10 limpou a marcação e bateu com a canhota. Porém, o chute subiu um pouco mais do que deveria e passou por cima do travessão.

Já maduro, o segundo gol dos britânicos saiu aos 40. Em rápida troca de passes, Kane recebeu de Sterling na meia lua e bateu com a perna direita. A finalização não foi das melhores mas contou com a colaboração de Uzoho, que, no meio do gol, não foi com a mão firme o suficiente e deixou passar.

Se no primeiro tempo a Nigéria não ofereceu perigo algum ao gol defendido por Pickford, na etapa final foi diferente. Logo em sua primeira chegada ao ataque, Ighalo dominou na área e chutou cruzado com a perna direita, acertando a trave da Inglaterra. No rebote, Iwobi, jogador do Arsenal, chegou batendo de primeira e diminuiu a vantagem dos donos da casa.

O ritmo do jogo caiu na segunda etapa. A Inglaterra já não jogava mais com a mesma intensidade dos primeiros 45 minutos e os nigerianos equilibraram as ações. Porém, foram pouquíssimas chances claras de gol criadas até o apito final.

Confira resultados de outros amistosos internacionais deste sábado:

Tailândia 0 x 2 China

Quênia 2 x 1 Nova Zelândia

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS