Participamos do

Guia da Copa Sul-Americana 2022: grupos, datas e regulamento

Ao todo, 28 clubes de 10 países sul-americanos, divididos em oito grupos estarão presentes no torneio continental. O Ceará, único representante nordestino, é uma das sete equipes brasileiras que disputarão o certame
16:58 | Mar. 25, 2022
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com os grupos da Copa Sul-Americana definidos, o Esportes O POVO preparou um guia completo com todas as informações acerca da competição continental: formato, datas dos confrontos, premiações, chaveamento dos clubes e locais de transmissão, além da análise das equipes que o Ceará, único representante nordestino do torneio, irá enfrentar na primeira etapa do certame.

Grupo H - Ceará, Independiente-ARG, Deportivo La Guaira-VEN e General Caballero-PAR

Ceará

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em seu segundo ano consecutivo na Copa Sul-Americana, feito inédito na história do clube cearense, o Vovô chega ao torneio sob a expectativa de melhorar o desempenho da última temporada e avançar às oitavas de final da competição. Apesar de duas eliminações recentes, na Copa do Nordeste e Campeonato Cearense, que culminaram na demissão do treinador Tiago Nunes, a diretoria alvinegra terá, pelo menos, 11 dias para buscar um novo comandante que consiga tornar o time mais efetivo nas finalizações, fator preponderante nas desclassificações precoces desta temporada.

Se o quesito finalização não tem sido um ponto forte em 2022, o sistema defensivo poderá ser um grande trunfo para o Alvinegro de Porangabuçu na competição, que tende a ter jogos, em muitos casos, mais físico do que técnico. Em 13 jogos disputados nesta temporada, o Vovô foi vazado somente quatro vezes.

O goleiro João Ricardo, os zagueiros Messias e Luiz Otávio, os laterais Victor Luis e Nino Paraíba, além dos volantes Fernando Sobral, Rodrigo Lindoso e Richardson, passam confiança e devem facilitar a vida do novo treinador na formatação do time. Matheus Peixoto, artilheiro na Ucrânia, deverá estar à disposição até a estreia do Ceará no torneio e, com isso, acrescenta nível técnico ao ataque, assim como Dentinho, que ainda busca suas melhores condições físicas.

Independiente-ARG

Tradicional clube argentino, o Independiente será um dos principais adversários do Ceará no Grupo H. Sob a alcunha de “Rei de Copas”, por ser o maior vencedor da Copa Libertadores, com sete títulos, o Rojo não vive os seus melhores momentos, passa por uma crise financeira interna e perdeu alguns dos seus principais jogadores, como o atacante Silvio Romero, emprestado ao Fortaleza, e o lateral-direito Fabrício Bustos, vendido ao Internacional-RS.

Nesta temporada, sob o comando do novo treinador Eduardo Domínguez, contratado no início do ano, a equipe entrou em campo sete vezes pela Copa da Liga Argentina, totalizando uma vitória, quatro empates e duas derrotas, o que representa aproveitamento de 38% e a 10ª colocação — de 14 equipes — do Grupo B da competição nacional.

Taticamente, o comandante costuma atuar no 3-5-2, mas pode variar para o 4-4-2 ou 4-3-3 dependendo do adversário. Entre os destaques, o volante Lucas Romero e o ala Leandro Benegas são peças importantes na formatação da equipe. O Independiente manda os seus jogos no estádio Libertadores de América, localizado em Avellaneda, em Buenos Aires (ARG).

Deportivo La Guaira-VEN

Quinto colocado do Campeonato Venezuelano de 2021, o Deportivo La Guaira é um clube recente no futebol, fundado em 2008 sob o nome de Real Esppor Club — somente em 2013 o nome foi modificado para o atual — por empresário de Caracas, capital da Venezuela. Com forte ligação com as comunidades de imigrantes portugueses e espanhóis no país, a equipe tem como uma das suas principais características o investimento nas categorias de base e utiliza diversos jovens jogadores no elenco principal.

Apesar da pouca idade, o “El Naranja”, acumula títulos nacionais importantes, como a taça do Campeonato Venezuelano e duas Copas da Venezuela. Internacionalmente, o clube já chegou às oitavas de final da Sul-Americana em 2016 e participou duas vezes da Copa Libertadores, uma delas na última temporada, quando caiu no mesmo grupo do Atlético-MG, finalizando na última colocação.

Sob o comando do treinador venezuelano Daniel Farías, a equipe tem feito um bom início de temporada. Em sete jogos, o clube venceu cinco, empatou uma vez e sofreu somente uma derrota, totalizando 76% de aproveitamento. Taticamente, o comandante costuma utilizar o 4-3-3 e tem como principais destaques a dupla de zaga formada por Yohan e Jiovany, além do ala Sergio Unrein e do meio-campista Francisco La Mantia. O clube manda os seus jogos no estádio Olímpico, em Caracas (VEN).

General Caballero-PAR

Campeão da segunda divisão nacional em 2021, o General Caballero chega a Copa Sul-Americana como o “azarão” do grupo H. Apesar do bom desempenho no último ano, a equipe não tem feito um bom início na atual temporada e amarga a última colocação do Campeonato Paraguaio, com quatro pontos em sete jogos disputados — uma vitória, um empate e cinco derrotas, totalizando 19% de aproveitamento.

Comandado pelo paraguaio Gustavo Bobadilla, o treinador tem um estilo reativo, de muita intensidade nas ações defensivas e tentativas rápidas de transições. No esquema tático, o 4-5-1 é a formação preferida, com o atacante Clementino González e o meio-campista Júnior Marabel entre os destaques. O “Rojo de Mallorquin” manda os seus jogos no estádio Defensores del Chaco, em Assunção (PAR).

Guia da Copa Sul-Americana 2022: grupos


Grupo A: Lanús-ARG, Wanderers-URU, Metropolitano-VEN, Barcelona-EQU

Grupo B: Racing-ARG, Melgar-PER, River Plate-URU, Cuiabá-MT

Grupo C: Santos, La Calera-CHI, Banfield-ARG, U.Católica-EQU

Grupo D: São Paulo, J. Wilstermann-BOL, Ayacucho-PER, Everton-CHI

Grupo E: Internacional, I. Medellín-COL, 9 de Octubre-EQU, Guaireña

Grupo F: LDU-EQU, Defensa y Justicia-ARG, Atlético-GO, Antofagasta-CHI

Grupo G: Independiente-ARG, Deportivo La Guaira-VEN, Ceará, General Cabellero-PAR

Grupo H: Junior Barranquilla-COL, O. Petrolero-BOL, Unión-ARG, Fluminense

Guia da Copa Sul-Americana 2022: datas

1ª rodada: 5, 6 ou 7 de abril
2ª rodada: 12, 13 ou 14 de abril
3ª rodada: 26, 27 ou 28 de abril
4ª rodada: 3, 4 ou 5 de maio
5ª rodada: 17, 18 ou 19 de maio
6ª rodada: 24, 25 ou 26 de maio

Oitavas de final

Ida: 28, 29 ou 30 de junho
Volta: 5, 6 ou 7 de julho

Quartas de final

Ida: 2, 3 ou 4 de agosto
Volta: 9, 10 ou 11 de agosto

Semifinal

Ida: 30, 31 de agosto ou 1º de setembro
Volta: 6, 7 ou 8 de setembro

Final

Jogo único: 1º de outubro, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF, Brasil

Guia da Copa Sul-Americana 2022: sequência do Ceará

5, 6 ou 7 de abril: Ceará x Independiente-ARG
12, 13 ou 14 de abril: Deportivo La Guaira-VEN x Ceará,
26, 27 ou 28 de abril: General Caballero-PAR x Ceará
3, 4 ou 5 de maio: Ceará x Deportivo La Guaira-VEN
17, 18 ou 19 de maio: Ceará x General Caballero-PAR
24, 25 ou 26 de maio: Independiente-ARG x Ceará

Guia da Copa Sul-Americana 2022: premiações

Fase de grupos: U$ 300 mil por partida como mandante (cerca de R$ R$ 4,2 milhões na atual cotação do dia 27 de março de 2022)

Oitavas de final: U$ 500 mil (cerca de R$ 2,3 milhões na atual cotação do dia 27 de março de 2022)

Quartas de final: U$ 600 mil (cerca de R$ 2,8 milhões na atual cotação do dia 27 de março de 2022)

Semifinal: U$ 800 mil (cerca de R$ 3,8 milhões na atual cotação do dia 27 de março de 2022)

Vice-Campeão: U$ 2 milhões (cerca de R$ 9,5 milhões na atual cotação do dia 27 de março de 2022)

Campeão: U$ 5 milhões (cerca de R$ 23,8 milhões na atual cotação do dia 27 de março de 2022)

Total para o campeão: U$ 9.8 milhões (cerca de R$ 46,7 milhões na atual cotação do dia 27 de março de 2022)

Guia da Copa Sul-Americana 2022: regulamento

Na Copa Sul-Americana, somente o líder de cada chave avança às oitavas de final. Os classificados, então, enfrentam em jogos de ida e volta — formato que permanece até a semifinal — as equipes que foram eliminadas da Copa Libertadores, mas terminaram a fase de grupos da competição na terceira colocação. Na grande decisão, a taça é decidida em jogo único, em um estádio definido antes do início do torneio pela Conmebol. Nesta temporada, a final será disputada no Brasil, no Mané Garrincha, em Brasília (DF).

Em caso de igualdade de pontos para qualquer posto durante a fase de grupos, serão utilizados os seguintes critérios de desempate, na seguinte ordem:

1º critério: Maior diferença de gols. A diferença de gols é obtida subtraindo-se os
gols marcados dos gols recebidos.

2º critério: Se a diferença de gols for igual, o clube que tiver marcado maior número
de gols será o classificado.

3º critério: Caso a igualdade persista, a posição será definida a favor do clube com maior
quantidade de gols a favor atuando como visitante.

4º critério: Posição no Ranking de Clubes da CONMEBOL em 16 de dezembro de 2021

Em caso de igualdade de pontos para qualquer posto durante a fase final, exceto a decisão, serão utilizados os seguintes critérios de desempate, na seguinte ordem:

1° critério: A favor do clube com melhor saldo de gols. A diferença de gols será obtida
subtraindo os gols marcados dos gols recebidos.

2° critério: Se, ainda assim, persistir a igualdade, será executada uma série de cobranças de pênaltis, conforme as normas da IFAB/FIFA, até que o ganhador seja
definido.

Em caso de igualdade ao término da partida que vale o título, será feito uma prorrogação de 30 minutos divididos em dois períodos de 15 minutos cada um. Se, ao término da prorrogação de 30 minutos suplementares, o empate persistir, o ganhador será definido por cobranças de pênaltis.

Guia da Copa Sul-Americana 2022: transmissão

A Copa Sul-Americana não terá transmissão em canais abertos da TV e será exclusivo para assinantes do serviço de streaming da Confederação Sul-Americana de Futebol, a “Conmebol TV”.
O serviço pode ser assinado por R$ 79,90 mensal ou R$799 o ano, mediante pagamento à vista. Para clientes das operadoras da TV SKY e Claro, o canal pode ser adquirido em forma de pay per view por um valor mais em conta: R$ 29,90 ao mês.

Guia da Copa Sul-Americana 2022: representantes de cada país

Brasil: Ceará, São Paulo-SP, Internacional-RS, Fluminense-RJ, Atlético-GO, Santos-SP e Cuiabá-MT

Colômbia: Junior Barranquilla e Independiente Medellín

Uruguai: River Plate e Montevideo Wanderers

Argentina: Independiente, Racing, Defensa y Justicia, Unión de Santa Fé, Banfield e Lanús

Equador: LDU, Universidad Católica, 9 de Octubre e Barcelona de Guayaquil

Chile: Everton, Unión La Calera e Antofagasta

Paraguai: General Caballero e Guaireña

Venezuela: Deportivo La Guaira e Metropolitanos

Bolívia: Jorge Wilstermann e Oriente Petrolero

Peru: Ayacucho e Melgar 

 

Guia da Copa Sul-Americana 2022: últimos campeões

2017: Independiente-ARG campeão; Flamengo-RJ vice-campeão

2018: Athletico-PR campeão; Junior Barranquilla-COL vice-campeão

2019: Independiente del Valle-COL campeão; Colón-ARG vice-campeão

2020: Defensa y Justicia campeão; Lanús vice-campeão

2021: Athletico-PR campeão; RB Bragantino vice-campeão

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar