Participamos do

Maradona: 1 ano após morte, veja 10 curiosidades do eterno 10 da Argentina

Maradona possui uma história emblemática repleta de conquistas e polêmicas. Após 1 ano de sua morte por insuficiência cardíaca, confira 10 curiosidades de sua vida
00:05 | Nov. 25, 2021
Autor Nadine Lima
Foto do autor
Nadine Lima Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Diego Armando Maradona, o eterno camisa 10 da Argentina, morreu por insuficiência cardíaca aos 60 anos de idade no dia 25 de novembro de 2020. Vindo de uma família pobre e com sete irmãos, o argentino de 1,65 de altura começou a jogar profissionalmente aos 15 anos, fazendo história desde cedo e se tornando uma das maiores figuras do futebol mundial. 

O sucesso de Maradona foi instantâneo. Com apenas 16 anos, ele já vestia a camisa da seleção argentina, tendo participado como jogador de quatro Copas do Mundo: 1982, 1986, 1990 e 1994. Ao longo de sua carreira, Maradona jogou por seis clubes, sendo revelado pelo Argentino Juniors, mas indo pouco tempo depois para o Boca Juniors, onde se tornou ídolo. 

Sua história é dividida entre conquistas de uma carreira emblemática, e polêmicas de uma vida pessoal conturbada, com acusações que vão desde agressão até tráfico, além de sua dependência química. Maradona deixou três filhas (Dalma, Gianinna, Jana) e dois filhos (Diego e Diego Fernando) reconhecidos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

1. Maradona desejava ser embalsamado

Apesar de não ser atendido, de acordo com o advogado de Maradona, Matías Morla, menos de um mês antes de morrer, o ídolo argentino afirmou que caso morresse desejava ter seu corpo embalsamado e exposto para visitação púbica.

2. Estádio com o nome de Maradona

Maradona foi homenageado pelo time que o revelou. Em 2003, o Argentino Juniors nomeou o seu estádio com o nome do ex-jogador, considerado a maior figura que já passou pelo clube.

3. Maradona apoiava Lula

Apesar da grande rivalidade entre Brasil e Argentina no futebol, o craque argentino sempre se envolveu com questões brasileiras, principalmente na política. Maradona apoiava Lula e  chegou a se posicionar a favor quando o ex-presidente foi preso em 2018.  

4. 'A Mão de Deus' de Maradona

Na Copa do Mundo de 1986, Maradona marcou um gol de mão contra a Inglaterra nas quartas de finais. A Argentina ganhou o jogo por 2 a 1 e causou muita polêmica e discussão, com o lance sendo lembrado até hoje. 

5. Maradona lançou uma autobiografia

Em 2000, o ídolo argentino publicou a autobiografia “Yo Soy El Diego” , doando os royalties cubanos do seu livro ao povo cubano.

6. Maradona foi apresentador de televisão

O ex-jogador estreou como apresentador de televisão em 2005, assumindo o comando do programa 'La Noche Del 10', exibido pelo Canal 13 na Argentina. O primeiro convidado de honra da atração foi o craque brasileiro Pelé. 

7. Comercial com Maradona vestindo a camisa do Brasil

Em 2006, Maradona participou de um comercial do Guaraná Antarctica com os jogadores brasileiro Kaká e Ronaldo Fenômeno. No comercial, Kaká e Ronaldo aparecem durante a execução do hino nacional com a camisa do Brasil. A surpresa da propaganda o é quando o ídolo argentino aparece vestindo a camisa do Brasil e cantando o hino brasileiro. Porém, ele acorda e vê que aquilo não passava de um pesadelo, lembrando assim da rivalidade entre Brasil e Argentina. 

8. Maradona foi técnico da Argentina

Após se consagrar como jogador, Diego Maradona se tornou técnico da seleção argentina em 2008. Sob seu comando, a Argentina chegou à Copa do Mundo de 2010, na África do Sul e conseguiu se classificar até as quartas de final, quando enfrentou a Alemanha e foi eliminada por 4 a 0. Maradona foi demitido após o término da competição. 

9. Religião com nome de Maradona

Uma religião foi criada em homenagem ao craque argentino. A igreja 'Maradoniana' mantém seguidores na Argentina, Espanha e México, além de considerar a data de aniversário do ídolo como o seu Natal. 

10. Maradona foi preso por porte de drogas

Vítima de dependência química, as drogas prejudicaram Maradona em muitos momentos de sua carreira. O ídolo argentino foi preso em um sexta-feira do dia 26 de abril de 1991 por porte e consumo de drogas, sendo liberado no domingo após pagar US$ 20 mil dólares. Anteriormente, 17 de março de 1991, o jogador já havia sido suspenso por 15 meses devido ao seu vício em cocaína. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags