Participamos do

Ex-Ceará, Rafael Sóbis se aposenta do futebol após vitória do Cruzeiro: "O dia chegou"

Logo após o apito final, o atacante foi às lágrimas enquanto era reverenciado por seus companheiros de clube e torcida do time mineiro
09:51 | Nov. 10, 2021
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A vitória do Cruzeiro sobre o Brusque no Mineirão na noite desta terça-feira foi a última partida do atacante Rafael Sobis, que encerra sua carreira aos 36 anos. Na saída do gramado, o jogador, emocionado, concedeu entrevista ao Sportv e explicou a decisão.

''O dia chegou, né. A vida é assim, o tempo passa, uns têm que sair para outros chegarem. Uma noite especial, com vitória. Eu avisei que se a gente vencesse, ficasse mais tranquilo, ia ser me último jogo, então acabou. Fica a história, vou nascer de novo para uma nova vida. Sempre que puder estarei aqui neste estádio e espero que o Cruzeiro volte o mais rápido possível para o seu lugar'', disse.

Logo após o apito final, Sobis foi às lágrimas enquanto era reverenciado por seus companheiros de clube e torcida do Cruzeiro, que lotou o Mineirão. Até mesmo o árbitro Marcelo de Lima Henrique, que apitou o confronto, o presenteou com os cartões amarelo e vermelho usados no jogo.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

''Eu tive uma carreira muito vitoriosa, então é difícil. De ponta a ponta, eu só tenho a agradecer todo o lugar que eu fui, agradecer as camisas que eu vesti, agradecer as cidades que morei, as culturas que aprendi. Eu levei muito do futebol, o futebol me ensinou muito'', continuou Sobis.

Pelo Cruzeiro, o camisa 10 atuou em 125 partidas, marcou 21 gols e deu oito assistências, além de ter participado da conquista das Copas do Brasil de 2017 e 2018.

No Brasil, além da Raposa, Sobis atuou também por Ceará, Fluminense e Internacional, onde foi revelado em 2004. Pelo Colorado, esteve presente nas conquistas históricas das Libertadores de 2006 e 2010, além do Mundial Interclubes vencido sobre o Barcelona de Ronaldinho Gaúcho, em 2006.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags