PUBLICIDADE
Futebol
Noticia

Tite fala sobre lições após vice da Copa América: "Tem que ter resiliência"

Treinador da seleção brasileira pondera que "esporte traz lição muito forte" após derrota para Argentina; auxiliar César Sampaio se diz "arrebentado, mas orgulhoso"

16:39 | 11/07/2021
O técnico do Brasil, Tite, gesticula durante a partida final do torneio de futebol Conmebol 2021 da Copa América contra a Argentina, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, Brasil, em 10 de julho de 2021. (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP). (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
O técnico do Brasil, Tite, gesticula durante a partida final do torneio de futebol Conmebol 2021 da Copa América contra a Argentina, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, Brasil, em 10 de julho de 2021. (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP). (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)

Neste sábado, a Seleção Brasileira foi derrotada pela Argentina, que conquistou a Copa América em pleno Maracanã. Depois de levar o time ao título da competição em 2019, Tite teve que se contentar com o vice nesta edição.

Após a partida, o treinador do Brasil comentou sobre lições para jogadores e comissão técnica com a perda do título para a seleção rival.

“Eu passo para o público o seguinte: poucos de vocês sabem o que se passa dentro da preparação nossa, das ações, dos comportamentos dos atletas, das condutas, da lealdade. O que a gente tenta externar é exatamente essa capacidade. O esporte te traz uma lição muito forte, porque resiliência é um ponto que tem que ter. Um só vence, os outros têm que ter resiliência”, disse o treinador.

César Sampaio, auxiliar técnico da Seleção, destacou a importância de ser flexível, garantindo que está orgulhoso da campanha da equipe na Copa América.

“Para mim, a lição é que nós temos que nos adaptar ao que o jogo pede e que nós temos um grande grupo. Muitas vezes, os momentos adversos as pessoas se distanciam da gente, mas nesse grupo foi ao contrário. Destaco isso. Triste, arrebentado pela derrota, mas muito orgulhoso por fazer parte de um grupo de homens de valores, princípios, que vão muito além de ganhar ou perder. O amor por vestir a camisa da seleção brasileira, por defender a nossa bandeira mundo afora”, afirmou o auxiliar.

A Seleção Brasileira voltará a entrar em campo no dia 2 de setembro, contra o Chile, fora de casa, em partida válida pela nona rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo. O time comandado por Tite lidera as qualificatórias para o Mundial, com 100% de aproveitamento após seis jogos disputados.