PUBLICIDADE
Futebol
Noticia

Em meio a protestos contra assédio, seleção feminina vence Rússia em amistoso na Espanha

Andressa Alves e Bruna Benites, duas vezes, balançaram as redes na partida realizado no estádio Catagonova, em Cartagena. Antes do jogo, atletas levaram faixa em referência ao afastamento de Rogério Caboclo

Iara Costa
19:16 | 11/06/2021
Seleção feminina venceu Rússia por 3 a 0 em último amistoso antes da convocação final para os Jogos Olímpicos.  (Foto: Richard Callis/SPP/CBF)
Seleção feminina venceu Rússia por 3 a 0 em último amistoso antes da convocação final para os Jogos Olímpicos. (Foto: Richard Callis/SPP/CBF)

A seleção brasileira de futebol feminino entrou em campo nesta sexta-feira, 11, e marcou um golaço antes mesmo de a bola rolar. Após o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ser acusado de assédio moral e sexual por uma funcionária da entidade, as jogadoras publicaram manifesto nas redes sociais e entraram em campo com a faixa "Assédio Não". Rogério Caboclo está afastado pelo Conselho de Ética da CBF durante a investigação do caso.

Após a bola rolar, gols bonitos e vitória também vieram. As atletas comandadas por Pia Sundhage venceram a Rússia por 3 a 0, com dois gols da zagueira Bruna Benites e um de Andressa Alves. A partida ocorreu no estádio Cartagonova, em Cartagena, na Espanha. 

Este foi o penúltimo compromisso da seleção feminina antes divulgação das convocadas para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. A última partida antes da lista final ocorre nesta segunda-feira, 14, contra o Canadá, às 16 horas (horário de Brasília), também no estádio Cartagonova, em Cartagena, na Espanha.