PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Tóquio-2020 divulga medidas sanitárias para testes dos Jogos

Gritos de apoio serão proibidos, e as áreas comuns serão ventiladas a cada meia hora.

08:29 | 29/03/2021
Jogos de Tóquio não terão participação de torcedores do exterior (Foto: )
Jogos de Tóquio não terão participação de torcedores do exterior (Foto: )

A organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 apresentou nesta segunda-feira, 29, as medidas sanitárias que permitirão iniciar, no próximo fim de semana, os primeiros eventos-teste desde o adiamento da Olimpíada para 2021, devido à pandemia da Covid-19.

 

Os Jogos acontecerão de 23 de julho a 9 de agosto.

 

O último "evento-teste", um ensaio geral do que serão as competições olímpicas, foi realizado de 6 a 8 de março de 2020, antes que a situação sanitária se deteriorasse com a expansão do coronavírus.

 

Até o início dos Jogos serão 18 competições no programa, começando com o rúgbi em cadeira de rodas, sábado e domingo.

 

Para garantir o prosseguimento normal da competição, vai-se tentar "limitar os contatos, saudações com as mãos e manter a distância de um metro, se (um afastamento de) dois metros não for possível", afirmou Hidemasa Nakamura, um dos responsáveis pela organização.

 

Gritos de apoio serão proibidos, e as áreas comuns serão ventiladas a cada meia hora.

 

O comitê organizador de Tóquio-2020 ficará encarregado de 14 "eventos-testes" e os outros quatro serão de responsabilidade de federações internacionais.

 

Programadas para 9 de maio no Estádio Nacional da capital japonesa, as provas de atletismo serão as únicas, entre as organizadas pelo comitê Tóquio-2020, a receber atletas estrangeiros e espectadores nas arquibancadas.

 

Em 20 de março, a organização dos Jogos decidiu que não haverá espectadores estrangeiros no evento olímpico. Trata-se de medida inédita na história da competição esportiva mais importante do planeta.