PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Palmeiras almeja encerrar tabu diante do Grêmio no Allianz Parque

Com duas derrotas em dois confrontos, o Palmeiras ainda não conseguiu vencer o Grêmio no Allianz Parque

10:12 | 15/01/2021
O Palmeiras precisa vencer o Imortal para encerrar o tabu no Allianz Parque (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
O Palmeiras precisa vencer o Imortal para encerrar o tabu no Allianz Parque (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Nesta sexta-feira, às 21h30 (de Brasília), pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, Palmeiras e Grêmio se enfrentam de olho nas primeiras posições da competição. E caso queira sair de campo com os três pontos, o Verdão precisará colocar ponto final em um tabu.

Desde que o Allianz Parque foi inaugurado, em 2014, o Alviverde recebeu o Tricolor Gaúcho em sua casa em apenas duas oportunidades, mas ainda não conseguiu vencer. A primeira vez ocorreu pela Copa do Brasil de 2016. Após vencer o jogo de ida por 2 a 1, o time de Renato Portaluppi apenas segurou um empate de 1 a 1, com gols de Thiago Martins e Everton.

Já em 2019, o Grêmio voltou para o Rio Grande do Sul com uma vitória na bagagem. Em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, os gaúchos derrotaram os paulistas por 2 a 1. Everton Cebolinha e Pepê anotaram os tentos dos visitantes, enquanto Bruno Henrique descontou.

O baixo números de jogos durante estes quase sete anos de Allianz Parque é devido ao alto número de vezes que o Palmeiras foi obrigado a levar o confronto contra o Grêmio para o estádio do Pacaembu, por conta de eventos na sua Arena.

O duelo entre as duas equipes, inclusive, vinha ocorrendo anualmente no Pacaembu desde 2014. Apenas em 2020 não houve. E no palco em questão, o Palmeiras costuma se dar melhor. Ao todo, foram sete embates, com cinco vitórias para os alviverdes e duas para os tricolores.

Já em 2021, além da partida desta sexta-feira, ainda está prevista mais uma para o Allianz. Isso porque Palmeiras e Grêmio decidem a Copa do Brasil na casa palmeirense. O jogo incialmente está marcado para o dia 17 de fevereiro, porém pode ser adiado para 7 de março caso o time de Abel Ferreira conquiste a Libertadores.