PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Marquinhos comenta possibilidade de jogar como lateral: "Estou à disposição"

O Brasil enfrenta o Uruguai na próxima terça-feira, 17, às 20 horas, em Montevideo

16:12 | 15/11/2020
Marquinhos, zagueiro do PSG e da Seleção Brasileira (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Marquinhos, zagueiro do PSG e da Seleção Brasileira (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Convocado para atuar na lateral-direita da Seleção Brasileira, Gabriel Menino foi cortado na última quinta-feira, 12, por ter testado positivo para a Covid-19. Porém, o técnico Tite optou por não chamar outro jogador para ocupar seu lugar.

Com isso, surge a possibilidade de o zagueiro Marquinhos jogar na função de forma improvisada em caso de emergência, já que o Brasil ainda conta com Danilo para a posição. Em coletiva neste domingo, o camisa 4 comentou que ainda não discutiu essa ideia com a comissão, mas ressaltou que está disposto se necessário.

"Ainda não tivemos essa conversa. O professor não me comunicou nada ainda, mas ele sabe que estou à disposição. Ele já me usou muitas vezes no Corinthians, aqui na Seleção também, na Copa acabei entrando como lateral-direito. Então ele sabe que, caso precise, vou estar sempre disponível para fazer aquilo que tem de ser feito", disse o defensor.

Marquinhos também falou sobre a partida contra a Venezuela, que foi bastante especial para ele. O defensor chegou a seu jogo de número 50 defendo a Seleção Brasileira.

"Foi realmente um jogo muito especial para mim, fico muito feliz de ter alcançado essa marca pessoal. Quando era menor sonhava em estar vivenciando esse momento, de chegar aqui na Seleção Brasileira. 50 jogos é realmente bastante e espero fazer muito mais para ajudar a equipe e orgulhar ainda mais todos aqueles que acreditaram e estiveram do meu lado", destacou.