PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

William Machado garante que Ferroviário "vai tentar chegar próximo do desempenho" de antes da paralisação

Lateral-esquerdo entende que, do ponto de vista do futebol, a paralisação foi prejudicial para o momento do clube

16:44 | 10/06/2020
Lateral-esquerdo falou via assessoria de imprensa  (Foto: Divulgação/Ferroviário)
Lateral-esquerdo falou via assessoria de imprensa (Foto: Divulgação/Ferroviário)

O Ferroviário deve ser o terceiro time do Estado do Ceará a retornar aos treinamentos presenciais, na data de 29 de junho. Até lá, o Tubarão segue trabalhando de forma online com seus jogadores. O lateral-esquerdo William Machado falou via assessoria do clube sobre as atividades remotas, além de acreditar que a paralisação do futebol em detrimento da pandemia do novo coronavírus pode trazer prejuízos à agremiação dentro de campo.

"Essa parada foi prejudicial a nós porque vínhamos em um ritmo bom de jogos, estávamos com nosso objetivo se aproximando, mas temos que procurar chegar o mais perto possível do desempenho que vínhamos exercendo", analisou o jogador.

"Esse tempo de treinamento virtual, procuramos colocar intensidade para aproveitar o máximo do treinamento, entender bem o que a comissão pediu. Claro que há dificuldades, na ausência de material, de espaço algumas vezes, mas conseguimos nos adaptar a essa fase. Há uma expectativa grande para voltar a desempenhar nosso trabalho com cuidado, com todo o protocolo que deve ser seguido", acrescentou William Machado.

O Ferroviário fará testes em seus jogadores, comissão técnica e também funcionários entre os dias 22 e 26 de junho para, então, retornar as atividades presenciais na Vila Olímpica Elzir Cabral no dia 29. O clube deve rescindir contrato com alguns jogadores, de cinco a sete atletas, fazendo parte de uma reformulação já planejada para a Série C. Novos profissionais podem chegar na Barra do Ceará também.