PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Clubes italianos escolhem 13 de junho para retornar Serie A; oficialização depende de aval do governo

A maioria das agremiações da primeira divisão da Itália votarem em 13 de junho para retornar o futebol no país. A outra opção era 20 de junho

15:23 | 13/05/2020
Lazio está na briga pelo título junto de Juventus e Inter
Lazio está na briga pelo título junto de Juventus e Inter (Foto: Divulgação/Lazio)

Em reunião realizada nesta quarta-feira, 13, os clubes da primeira divisão da Itália votaram por uma data para retorno do futebol no país. A maioria das agremiações acabou escolhendo o dia 13 de junho para ser marcado como o reinício após paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus. Falta apenas o governo italiano liberar.

A votação aconteceu após os 20 clubes optarem pelo retorno do campeonato e não pelo cancelamento, como tem sido feito em outros países pela Europa, como Holanda e França. O dia 13 de junho era uma das opções na escolha desta quarta-feira, enquanto 20 de junho era a outra. Tudo foi realizado via videoconferência.

"Sobre o retorno da atividade esportiva, a data 13 de junho para o resumo do campeonato foi indicada, em acordo com as decisões do governo e protocolos médicos para a proteção de jogadores e todos os profissionais", lê-se na nota oficial lançada pela Serie A nesta quarta-feira.

A Itália viveu momentos de incertezas quanto ao retorno do futebol nos últimos meses. O ministro do esporte, Vincenzo Spadafora, se posicionou publicamente mais de uma vez contrário ao reinício, mas o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, se mostrou favorável. O último é quem vai definir se a Serie A pode retornar de fato no dia 13 de junho.