PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Em meio à paralisação do futebol, CBF anuncia repasse de R$ 19 milhões para ajudar clubes

Clubes das terceira e quarta divisões vão receber o aporte financeiro. Ferroviário, Guarany de Sobral e Floresta, portanto, estão na lista. Dinheiro equivale a duas vezes a folha salarial média dos atletas

Lucas Mota
17:50 | 06/04/2020
Entidade máxima do futebol brasileiro vai ajudar clubes da Série C e D, além do futebol feminino
Entidade máxima do futebol brasileiro vai ajudar clubes da Série C e D, além do futebol feminino (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta segunda-feira, 6, repasse de R$ 19 milhões para ajudar os clubes das Séries C e D do Campeonato Brasileiro, na modalidade masculina, e nas Séries A1 e A2, feminina. O auxílio financeiro será específico por divisão, com valor equivalente a duas vezes a folha salarial média dos atletas. A medida ocorre após apelos públicos das equipes.

Para os 20 clubes da Série C, na qual participa o Ferroviário, a CBF doará auxílio individual de R$ 200 mil, num de R$ 4 milhões. Já as 68 equipes da Série D receberão R$ 120 mil cada um, resultando em auxílio total de R$ 8,16 milhões.

Para os 16 clubes da Série A1 do Campeonato Brasileiro Feminino, o auxilio individual será de R$ 120 mil, totalizando R$ 1,9 mi. Por fim, os 36 times da Série A 2 terão direito a R$ 50 mil cada um, com desembolso de R$ 1,8 mi da CBF.

Além dos repasses diretos aos clubes, a CBF destinará R$ 120 mil a cada federação do futebol brasileiro, num total de R$ 3,2 milhões.

"Vivemos um momento inédito, de crise mundial, cuja extensão e consequências ainda não podem ser calculadas. É necessário, portanto, agir com critério e responsabilidade. O nosso objetivo, com essas novas medidas, é fornecer um auxílio direto imediato. Mas, além disso, temos que seguir trabalhando para assegurar a retomada do futebol brasileiro no menor prazo possível, quando as atividades puderem ser normalizadas", afirma o presidente da CBF, Rogério Caboclo.

Ao todo, serão beneficiados 140 clubes. A ação realizada pela CBF tem o apoio das Federações Estaduais. O objetivo é colaborar para que esses clubes possam cumprir seus compromissos com os jogadores e jogadoras durante o período de paralisação do futebol.