PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

CBF determina jogos com portões fechados nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro

Medida tomada pela entidade máxima do futebol brasileira visa evitar o aumento do número de casos de coronavírus (Covid-19) no Brasil

17:29 | 13/03/2020
CBF determina jogos com por portões fechados
CBF determina jogos com por portões fechados (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Com o aumento de casos confirmados do novo coronavírus, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) determinou que as partidas marcadas nas cidades de São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ) sejam realizadas com portões fechados, a partir desta sexta-feira (13).

Segundo a CBF, a medida, com prazo indeterminado, foi tomada em sintonia com as orientações do Ministério da Saúde. A entidade máxima do futebol brasileiro ainda determinou que a Federação Paulista de Futebol (FPF) e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) tomem as atitudes necessárias em suas respectivas cidades.

Também em nota oficial, a FPF confirmou que as partidas de todas as Séries e Divisões na capital de São Paulo serão realizadas com portões fechados.

Pela elite do Campeonato Paulista, São Paulo x Santos (sábado), e Corinthians x Ituano (domingo), pela 10ª rodada, não terão presença de público.

O mesmo acontece em Flamengo x Portuguesa-RJ (sábado), Botafogo x Bangu (domingo), Vasco x Fluminense (domingo) e Madureira x Volta Redonda (segunda-feira), pela terceira rodada da Taça Rio.

Confira a nota completa da CBF:

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em sintonia com as orientações da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde, determina que, a partir desta sexta-feira (13), todas as partidas de futebol marcadas para as cidades de São Paulo (SP) e do Rio de Janeiro (RJ) sejam realizadas sem a presença de público.

A CBF já comunicou as Federações Estaduais de futebol de São Paulo e do Rio de Janeiro para que tomem as medidas necessárias em relação às competições disputadas nas respectivas cidades.

Essa medida tem prazo indeterminado e está sendo tomada por conta do estágio de transmissão comunitária do coronavírus, já identificado pelo Ministério da Saúde nestes centros urbanos, situação que gerou a recomendação expressa de restrição do contato social nestes eventos.

A CBF monitora de forma permanente o cenário nacional junto ao Ministério da Saúde, cujas orientações continuarão balizando as decisões da entidade.

CONFIRA O NOVO EPISÓDIO DO FUTEBOL NÃO É SOCCER:

Listen to "#08 - O impacto do coronavírus no futebol pelo mundo" on Spreaker.