PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Everton é o 6° jogador cearense convocado para a Copa América; relembre os demais nomes!

Atacante do Grêmio terá a chance de repetir o feito de Dudu Cearense e conquistar o título do torneio

20:03 | 17/05/2019
Dudu Cearense disputou a Copa América em 2004 e foi campeão.
Dudu Cearense disputou a Copa América em 2004 e foi campeão. (Foto: AFP)

Ao ter seu nome lembrado pelo técnico Tite nesta sexta-feira, 17, o atacante Everton entrou para um seleto grupo de atletas cearenses que foram convocados para defender a seleção brasileira na Copa América. Em toda a história do torneio, apenas seis jogadores nascidos no Ceará tiveram a mesma oportunidade, segundo o Esportes O POVO checou e conferiu com o pesquisador Airton Fontenele, especialista em estudos sobre Seleção Brasileira e autor do livro O Brasil na Copa América. 

Os primeiros a serem chamados para jogar pelo Brasil na competição foram Geraldo e Zé de Mello, na edição realizada em 1959, no Equador, quando o torneio ainda se chamava Campeonato Sul-Americano de Futebol. José Inácio de Mello, o Zé de Mello, era atacante e jogava na época pelo Santa Cruz-PE. Atuou em cinco jogos naquela campanha (que terminou com o Brasil em 3° lugar) e marcou um gol na vitória de 3 a 1 sobre o Equador, em partida disputada no estádio Modelo Guayaquil-EQU.

Geroldo Guimarães Ramos, conhecido no futebol apenas como Geroldo, era lateral-direito e foi convocado para a seleção vestindo a camisa do Santa Cruz-PE. O ex-jogador, nascido em Pentecoste, atuou apenas um jogo da edição de 1959, entrando em campo na derrota sofrida para a Argentina por 4 a 1, no estádio Modelo Guayaquil.

Após Geroldo e Zé de Mello, o Ceará teve um representante na Copa América 28 anos depois, na edição de 1987: Mirandinha, atacante que então atuava no Newcastle, da Inglaterra. O jogador, que é natural de Chaval-CE, integrou o elenco que disputou o torneio, que foi realizado na Argentina, mas não atuou em nenhuma partida. Na época, o setor de ataque era um dos concorridos e tinha nomes como Romário e Careca.

Quatorze anos depois, o Ceará voltou a ter jogador chamado para a competição. Mario Jardel foi convocado por Felipão para a edição de 2001 da Copa América. O centroavante, que na época atuava pelo Galatasaray, da Turquia, atuou em dois jogos naquela edição, disputada na Colômbia. Na derrota de 2 a 0 para Honduras, entrou aos 15 minutos do 2° tempo, em jogo disputado em Manizales. Depois, saiu de titular no duelo contra o México, que a seleção perdeu por 1 a 0, em Cali, deixando o campo no início do 2° tempo.

Na edição seguinte da Copa América, em 2004, mais um atleta do Ceará foi convocado: Dudu Cearense. O meio-campista, que na época atuava no Kashiwa Reysol, do Japão. Atuou em 3 partidas na competição, que terminou com o título do Brasil. Na estreia, foi titular na vitória por 1 a 0 sobre o Chile, no Monumental de Nuñez. Na sequência, atuou na vitória por 4 a 1 sobre a Costa Rica, entrando aos 21 do 2° tempo. Fez sua última participação na derrota por 2 a 1 para o Paraguai, entrou aos 15 do 2° tempo, em Arequipa.

Quinze anos depois que um cearense foi chamado pela última vez para disputar a Copa América, Everton foi convocado por Tite para disputar a edição de 2019, que ocorrerá no Brasil. Jogando em casa, tentará se igualar a Dudu Cearense e se tornar o 2° jogador do Estado a conquistar o torneio.

Veja a lista dos jogadores cearenses que foram chamados para disputar a Copa América:

6ª) Everton (2019)

Posição: atacante

Clube onde joga: Grêmio

5º) Dudu Cearense (2004)

Posição: meia/volante

Clube onde atuava na época da convocação: Kashiwa Reysol-JAP

*campeão

4º) Jardel (2001)

Posição: atacante

Clube onde atuava na época da convocação: Galatasaray-TUR

3°) Mirandinha (1987)

Posição: atacante

Clube onde atuava na época da convocação: Newcastle-ING

2º) Zé de Mello (1959)

Posição: atacante

Clube onde atuava na época da convocação: Santa Cruz

1°) Geroldo (1959)

Posição: lateral-direito

Clube onde atuava na época da convocação: Santa Cruz

Bruno Balacó