PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Ceará na Série A: chance de salvar o ano

A competição, que é a principal do Vovô em 2019, é a única que o clube ainda disputará até o fim da temporada

00:00 | 27/04/2019
Felipe (à direita) já chegou à marca de 16 partidas disputadas em dois meses e dez dias
Felipe (à direita) já chegou à marca de 16 partidas disputadas em dois meses e dez dias (Foto: Mateus Dantas)

Acompanhe na rádio O POVO CBN tudo sobre a estreia do Ceará na série A e a transmissão da partida com o Timão do Povo:

O Alvinegro estreia contra o CSA, às 16 horas.

ACOMPANHE A PARTIDA EM TEMPO REAL NESTE LINK

Após um péssimo desempenho nos primeiros meses do ano, com maus resultados em todas as competições que disputou e inclusive troca de comando técnico às vésperas do início do Campeonato Brasileiro, o Ceará aposta todas suas fichas na disputa da Série A. A competição, que é a principal do Vovô em 2019, é a única que o clube ainda disputará até o fim da temporada e alcançar o objetivo de manutenção é a maneira que o clube tem de salvar o ano.

O Vovô chega com a responsabilidade de reverter o desempenho nas três competições que disputou. Na Copa do Brasil, eliminação para o Corinthians na 3ª fase. Na Copa do Nordeste, em jogo único, utilização do time reserva e derrota por 2 a 0 para o Náutico, em eliminação que desgastou ainda mais a situação do técnico Lisca, que foi demitido após ser derrotado duas vezes para o Fortaleza, na final do Campeonato Cearense.

Agora sob o comando de Enderson Moreira, a missão é de realizar uma campanha mais tranquila que a de 2018, quando o Vovô escapou do rebaixamento de forma heroica - mas sofrida - após um início terrível. O bom retrospecto recente do treinador em pontos corridos pode ser um trunfo para isso. Em 2017, Enderson foi campeão da Série B do Brasileiro com o América-MG e em 2018 classificou o Bahia para a Copa Sul-Americana.

A permanência na Série A em 2019 é fundamental para o Ceará. Em vertiginosa evolução financeira, com orçamento recorde e intensos investimentos estruturais, o clube almeja alçar um outro patamar econômico em 2020 se ficar na Primeira Divisão.

Ele terá também reforços no elenco. O meia Thiago Galhardo e os atacantes Bergson e Matheus Gonçalves foram contratados para suprir carências do elenco. Além deles, outros reforços deverão ser anunciados em breve pelo clube.

Enderson conta também com o retorno de importantes jogadores que, no início do campeonato, estão no Departamento Médico. É o caso dos meias Felipe Baxola, Wescley e Juninho Quixadá.

A principal força segue sendo a solidez defensiva. Com os zagueiros Luiz Otávio e Thiago Alves e os laterais Samuel Xavier e Thiago Carleto, protegidos por Fabinho e William Oliveiras na volância, o setor é o ponto mais forte do time no início de campeonato.

A tarefa de Enderson será melhorar o desempenho do setor ofensivo, já que o Alvinegro vem apresentando problemas de criação e finalização desde o início do ano. Agora, na Série A, os erros não serão perdoados. É hora de ser efetivo.

Redação O POVO Online