PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

CBF escolhe Boeck e Leandro Carvalho como possíveis protagonistas de Vovô e Leão na Série A

Entidade levou em consideração a história do goleiro no Fortaleza e do atacante no Ceará para transformar ambos em personagens

19:23 | 26/04/2019
Leandro Carvalho e Marcelo Boeck são ídolos recentes de Ceará e Fortaleza, respectivamente
Leandro Carvalho e Marcelo Boeck são ídolos recentes de Ceará e Fortaleza, respectivamente(Foto: Luciano Freitas/CBF)

No intuito de promover a Série A do Campeonato Brasileiro, que começa neste fim de semana, a CBF, entidade que organiza a competição, resolveu escolher um jogador de cada clube participante e transformar em personagem. Para a mentora do futebol nacional, os selecionados são os possíveis protagonistas do Brasileirão. O goleiro Marcelo Boeck foi o representante do Fortaleza, enquanto o atacante Leandro Carvalho simbolizou o Ceará.

Boeck foi denominado como o “Paredão de Aço” e desenhado como se tivesse o corpo todo feito pelo metal. A escolha do jogador se deu pela história dele no Leão, que apesar de recente é bastante vitoriosa. O arqueiro chegou em 2017, quando o time, pelo nono ano consecutivo, tentava sair da Série C do Brasileiro. O camisa 1 foi peça chave na campanha de acesso, tanto que teve o contrato renovado por três anos ao fim do certame.

Na Série B do ano passado, Boeck teve seu desempenho questionado pela torcida do Fortaleza em certa altura da competição, mas terminou como campeão nacional - o título mais importante da história do clube - e nesta temporada voltou a atuar em alto nível na Copa do Nordeste, tendendo a manter-se como titular na Série A.

“Ter esta referência (o desenho se assemelha ao herói Surfista Prateado) é lisonjeador, pois faz com que eu me torne, mesmo sendo errante, porque não somos perfeitos, a ter este ‘poder’ de ajudar o Fortaleza diretamente. A gente sabe que ser goleiro é difícil, é uma posição muitas vezes ingrata, mas no outro lado da moeda é muito prazeroso, já que temos a possibilidade de participar diretamente dos resultados”, disse o goleiro tricolor ao site da CBF.

A escolha de Leandro Carvalho para ser o protagonista do Vovô é justificada pela identificação do jogador com a torcida, que lotou o aeroporto para receber o atacante na chegada dele, no começo do ano. A proximidade do “Cachaça”, como o próprio torcedor alvinegro o chama, com a arquibancada vai além, uma vez que ele já chegou a assistir a um jogo no meio da galera.

Esta é a terceira passagem de Leandro Carvalho pelo Ceará, clube em que o próprio jogador admite se identificar. Ele chegou como um “garoto-problema” do Paysandu, mas acabou se sobressaindo mais pela bola que por polêmicas no Alvinegro. Foi peça importante na reação do time na Série A do Brasileiro do ano passado e teve parte de seus direitos econômicos comprados pela diretoria do Vovô desta vez.

“Eles aqui abraçam, mas também cobram muito de nós jogadores. Deixo esse negócio de ídolo com eles. Tenho que estar sempre jogando bem para não virar vilão”, disse Leandro Carvalho ao site da CBF. Nesta temporada ele ainda não engrenou, mas tem o Brasileirão todo pela frente para justificar o status de “Rei do Castelão” que ganhou.

Brenno Rebouças