PUBLICIDADE
Futebol
Tricolor

Em entrevista à ESPN, Paz se irrita com pergunta e rechaça saída de Ceni

Presidente do Fortaleza participou do programa ESPN Agora e respondeu sobre a instabilidade do time no começo da temporada

19:40 | 15/03/2019
Marcelo Paz disse que Rogério Ceni nunca está 100% satisfeito, mas que isso não é problema
Marcelo Paz disse que Rogério Ceni nunca está 100% satisfeito, mas que isso não é problema

É inegável que o Fortaleza vive um início de temporada instável até aqui. Em onze jogos, o Leão acumula quatro vitórias, quatro empates e três derrotas. Essa gangorra de resultados faz com que o Tricolor seja apenas o 6º colocado na segunda fase do Estadual - numa etapa com oito times - e vice-líder do Grupo A da Copa do Nordeste com a mesma pontuação do vice-lanterna do Grupo B (oito pontos).

A instabilidade do atual campeão da Série B do Brasileiro chamou atenção da imprensa do Sudeste e na tarde desta sexta-feira, 15, o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, concedeu entrevista ao programa ESPN Agora, da ESPN Brasil, falando sobre o atual momento do clube. O dirigente reconheceu um problema de entrosamento inicial da equipe, mas afirmou que as coisas estão se acertando.

“O time está no melhor momento técnico do ano (agora), com entrosamento maior, condição física mais apurada, em franca evolução. Vai chegar forte nas duas competições (fases decisivas da Copa do Nordeste e Campeonato Cearense) e sobretudo chegar bem para a Série A (do Brasileiro)”, garantiu.

Questionado se o técnico Rogério Ceni estaria satisfeito com o atual elenco do Fortaleza, Paz afirmou que os jogadores que estão no clube hoje foram avaliados pelo próprio treinador. Ele admitiu que algumas peças que o ex-goleiro queria não vieram, mas disse que no geral a diretoria e a comissão técnica entendem que estão no caminho certo.

“Rogério nunca está 100% satisfeito, nunca esteve nem como atleta, sempre busca evoluir, melhorar e aqui não é diferente. Ele quer sempre melhorar a qualidade do elenco, a estrutura, mas isso não é problema, é uma característica do profissional. Ele busca a excelência”, fez defesa ao treinador, o presidente.

Paz foi perguntado ainda se já teria conversado com Ceni sobre uma possível saída do ídolo são paulino, no sentido de se proteger do assédio de outros clubes. O dirigente não gostou da abordagem e retrucou. “Acho estranho abordar uma saída do Rogério neste momento. É um assunto que nem cabe, o treinador tem contrato com o clube, já passou um ano aqui, tinha a oportunidade de sair e ficou porque quis. Não vejo nenhum motivo para se falar na saída de Ceni”, disse.

VEJA MAIS | FUTCAST #42 - PRÉVIA DO CLÁSSICO-REI 2: AGORA TEM FAVORITO?

Listen to "#42 - Prévia do Clássico-Rei 2: agora tem favorito?" on Spreaker.

 Redação O POVO Online