select ds_midia_link from midia where cd_midia = limit 1
Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Técnico do Porto destaca vitória: ?Ninguém é melhor do que nós em Portugal?

Neste sábado, o Porto não teve vida fácil, porém conseguiu a virada diante do Santa Clara, resultado que manteve a equipe na liderança do Campeonato Português. Depois do confronto, válido pela 13° rodada do torneio nacional, o técnico dos Dragões, Sérgio Conceição, falou sobre a dificuldade da partida e valorizou os três pontos, que podem [?]
11:00 | Dez. 16, 2018
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

Neste sábado, o Porto não teve vida fácil, porém conseguiu a virada diante do Santa Clara, resultado que manteve a equipe na liderança do Campeonato Português. Depois do confronto, válido pela 13° rodada do torneio nacional, o técnico dos Dragões, Sérgio Conceição, falou sobre a dificuldade da partida e valorizou os três pontos, que podem ser fundamentais a busca pelo título.

?Nós sabíamos da força do Santa Clara, apesar de nos últimos jogos não ter tido resultados condizentes com o seu tamanho e qualidade. São um time competitivo, sobretudo nas bolas paradas, onde são perigosos, e bem organizados. Entramos no jogo bem, durante os primeiros 15 ou 20 minutos, mas não conseguimos marcar?, ressaltou o treinador.

O comandante também afirmou que os atletas que entraram durante o jogo foram muito importantes para que o Porto conseguisse o triunfo. Os Dragões saíram atras do placar, porém foram muito bem, mesmo com a desvantagem, e viraram com gols do brasileiro Tiquinho Soares e de Marega.

?Nós sofrermos o primeiro gol em um campo difícil, pesado para se jogar, que proporcionou um jogo não muito bonito, porém competitivo. Conseguimos o empate ainda antes do intervalo e na segunda parte, as alterações foram muito importantes para conseguir ganhar a partida. Esta equipe tem um grande caráter e personalidade e, em Portugal, ninguém está acima de nós nas competições internas. Estamos bem, isso é de grande valor?, finalizou Sérgio Conceição.

Com o triunfo, o Porto está na liderança do Campeonato Português, com 33 pontos, e os bons resultados fazem com que os Dragões sejam um dos favoritos ao título nacional.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Copom: Bruno Serra estará ausente de reunião após testar positivo para covid-19

ECONOMIA
2021-08-02 09:02:43
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O diretor de política monetária do Banco Central (BC), Bruno Serra Fernandes, não participará das reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom) nestas terça e quarta-feiras (dias 2 e 3) por ter testado positivo para covid-19 na semana passada. Como as reuniões do Copom são presenciais, todos os membros do colegiado testam para covid-19 nas vésperas do encontro. Segundo o BC, Bruno Serra segue assintomático e trabalhando normalmente de maneira remota.
Em junho passado, o Copom elevou pela terceira vez consecutiva a Selic em 0,75 ponto porcentual, para 4,25% ao ano. Para o encontro desta semana, de 51 instituições consultadas pelo Projeções Broadcast, 44 (86%) preveem aumento da Selic em 1 ponto porcentual, para 5,25%. As sete demais (14%) apostam em alta de 0,75 ponto.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

IPC-S acelera a 0,92% em julho, após 0,64% em junho, revela FGV

ECONOMIA
2021-08-02 09:02:42
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) registrou avanço a 0,92% no fechamento de julho, após alta de 0,64% em junho e de 0,90% na terceira quadrissemana do mês. A informação foi divulgada nesta segunda-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador acumulou alta de 8,76% nos 12 meses até julho, maior que o avanço de 8,29% ocorrido nos 12 meses até junho.
O resultado mensal veio dentro da mediana da pesquisa Projeções Broadcast. O intervalo das apostas ia de 0,90% a 0,95%.
Das oito categorias de despesas que compõem o indicador, quatro registraram acréscimo na variação da terceira quadrissemana de julho para o fechamento do mês, com destaque para Habitação, que avançou de 1,77% para 2,09%. Em junho, a taxa havia sido de 0,89%. Nessa classe de despesa, a FGV destaca o comportamento da tarifa de eletricidade residencial, cuja variação passou de 6,28% para 7,80% na comparação quadrissemanal.
Transportes (0,74% para 0,85%), Alimentação (0,70% para 0,78%) e Saúde e Cuidados Pessoais (-0,06% para 0,00%) também apresentaram aceleração ante a terceira quadrissemana de julho. Nesses conjuntos de preços, os itens mais influentes foram gasolina (1,47% para 1,85%), hortaliças e legumes (-3,94% para -0,17%) e artigos de higiene e cuidado pessoal (0,96% para 1,22%).
Já os grupos Educação, Leitura e Recreação (2,37% para 1,42%), Vestuário (0,20% para 0,08%), Comunicação (0,00% para -0,09%) e Despesas Diversas (0,05% para 0,02%) caminharam em sentido oposto. Pela ordem, nessas classes de despesa, houve maior contribuição dos preços de passagem aérea (22,46% para 13,11%), roupas masculinas (0,76% para 0,31%), mensalidade para TV por assinatura (-0,16% para -0,38%) e tarifa postal (0,75% para 0,00%).
Influências individuais
Os itens que mais pressionaram para cima a variação do IPC-S do fechamento de julho foram tarifa de eletricidade residencial (6,28% para 7,80%), passagem aérea (22,46% para 13,11%) e gasolina (1,47% para 1,85%). Condomínio residencial (1,74% para 2,01%) e gás de bujão (4,16% para 4,84%) completam a lista.
Já os maiores alívios vieram dos itens plano e seguro de saúde (-1,27% para -1,27%), batata inglesa (-15,56% para -13,33%) e cebola (-13,66% para -13,58%), seguidos por etanol (-1,39% para -1,62%) e arroz (-1,71% para -1,92%).
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Após eliminação, Bruno agradece Evandro pela paciência após recuperação da covid-19

2021-08-02 09:01:00
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Nesta segunda-feira, Evandro e Bruno Schmidt foram eliminados pela dupla da Letônia formada por Plavis e Tocs e deram adeus à disputa pelo vôlei de praia nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Apesar do resultado negativo em quadra, Bruno viveu um grande drama em sua vida neste ano. O atleta teve grande parte do seu pulmão comprometido pela covid-19, porém conseguiu se recuperar a tempo de estar nas Olimpíadas.

Após a derrota, Bruno relembrou o período difícil vivido e agradeceu o parceiro pela cooperação e compreensão nos últimos meses.

"Queria jogar mais, o mundo todo está prestigiando, mas paciência. Quando olho para trás, vi que fiz meu máximo. Se cheguei aqui em condições de jogo, é porque fiz muita força lá atrás. É óbvio que eu queria ter ido mais longe, quando entro em quadra esqueço tudo o que passei. Agradecer Evandro pela paciência, por saber que eu talvez não chegaria na principal competição do vôlei de praia em meu melhor. Ele não se importou com isso", disse Bruno à TV Globo.

"A parte defensiva deles funcionou muito mais do que a nossa e, quando isso acontece, a gente joga com a pressão o tempo todo. Agíamos em toda a bola como se fosse a última. Mérito deles. Queria realmente estender ao máximo esse torneio, está bem gostoso de jogar. Triste com isso, mas feliz de ter tido a oportunidade de estar aqui. Há quatro meses, não sabia se poderia estar aqui ou não. Bruno e Evandro foram vencidos na bola hoje", completou.

Bruno ainda comentou sobre a postura pouco vibrante da dupla em quadra nesta segunda.

"Ao mesmo tempo que faltou vibração, a gente tentou ao máximo tranquilizar um ao outro. O tempo todo um falava: 'Você está passando do ponto, vamos respirar'. De certa forma, quando a gente puxa muito a tranquilidade, acaba faltando um pouco de vibração, sim", finalizou.

Ainda nesta segunda-feira, será a vez de Alison e Álvaro disputarem as oitavas de final do vôlei de praia. A dupla brasileira terá pela frente os mexicanos Rubio/Gaxiola, a partir das 9h (horário de Brasília).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Seis pessoas são capturadas por envolvimento na chacina de Caucaia

Homicídios
2021-08-02 08:51:00
Autor Angélica Feitosa
Foto do autor
Angélica Feitosa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Quatro homens foram presos e dois adolescentes, apreendidos, na madrugada deste domingo, 1º, suspeitos de participação nas mortes de cinco pessoas no distrito de Boqueirão de Araras, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. A ação ocorreu em menos de 12 horas após o crime. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), até o momento, três armas de fogo, sendo duas espingardas e um revólver, foram apreendido.

LEIA MAIS| Chacina no Barroso seria vingança por atentado contra parente de chefe de facção

Mais detalhes serão repassados em coletiva de imprensa, na sede da SSPDS, no bairro São Gerardo, na manhã desta segunda, 2.

O crime ocorreu na noite de sábado, 31 de julho. Cinco homens morreram e duas mulheres ficaram feridas, sendo elas mãe e filha. O POVO apurou que as vítimas estavam ingerindo bebida alcoólica em um bar, no distrito, quando alguns homens armados chegaram atirando. Pessoas próximas ao local ouviram os disparos e acionaram a Polícia. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

FGV: confiança empresarial sobe 3,1 pontos em julho ante junho, para 101,9 pontos

ECONOMIA
2021-08-02 08:47:57
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Índice de Confiança Empresarial (ICE) subiu 3,1 pontos em julho ante junho, para 101,9 pontos, maior patamar desde junho de 2013, informou nesta segunda-feira, 2, a Fundação Getulio Vargas (FGV). "O ICE rompe em julho a barreira de neutralidade dos 100 pontos com alta de confiança nos quatro grandes setores pesquisados. Apesar do número agregado favorável, percebe-se ainda bastante heterogeneidade nos resultados. No Setor de Serviços, a percepção sobre a situação atual continua fraca e a boa notícia é o retorno do otimismo em relação aos próximos meses em segmentos como Alojamento e Alimentação, dois dos que vêm sofrendo mais durante a pandemia", avalia Aloisio Campelo Júnior, superintendente de Estatísticas Públicas do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), em nota oficial.
"A confiança do Comércio ultrapassou os 100 pontos com avaliações muito favoráveis sobre o presente em segmentos como Materiais de Construção e Veículos, Motos, Partes e Peças e mais fracas nos Super e Hipermercados. A Indústria, setor com desempenho mais consistente nos últimos meses, continua enfrentando problemas no abastecimento de importantes insumos", continua Campelo Júnior.
O Índice de Confiança Empresarial reúne os dados das sondagens da Indústria, Serviços, Comércio e Construção. O cálculo leva em conta os pesos proporcionais à participação na economia dos setores investigados, com base em informações extraídas das pesquisas estruturais anuais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a FGV, o objetivo é que o ICE permita uma avaliação mais consistente sobre o ritmo da atividade econômica.
O Índice de Situação Atual Empresarial (ISA-E) subiu 1,6 ponto, para 99,7 pontos, maior nível desde outubro de 2013. O Índice de Expectativas (IE-E) subiu 3,0 pontos, para 103,9 pontos, maior nível desde junho de 2013.
Todos os grandes setores que integram o ICE registraram alta no mês, com destaque para a melhora das expectativas de curto prazo. Esta é também a primeira vez em que todos os setores registram índices superiores aos do período pré-pandemia, algo até então alcançado somente pela Indústria.
A confiança empresarial subiu em 73% dos 49 segmentos integrantes do ICE em julho, um recuo da disseminação frente aos 82% do mês passado
A confiança da indústria subiu 0,8 ponto em julho ante junho, enquanto a construção avançou 3,3 pontos. A confiança dos serviços cresceu 4,2 pontos. Já o comércio aumentou 5,1 pontos.
A coleta do Índice de Confiança Empresarial reuniu informações de 3.979 empresas dos quatro setores entre os dias 1º e 26 de julho.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags