select ds_midia_link from midia where cd_midia = limit 1
Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

CR7 entra no segundo tempo, marca e salva a Juve de derrota no Italiano

Quando um time de futebol se vê apertado, é preciso um brilho de seu craque, do super-herói, e a Juventus tem isso. Começando no banco de reservas, Cristiano Ronaldo entrou no segundo tempo para marcar o gol que decretou o empate por 2 a 2 contra a Atalanta, no Atleti Azzurri d´Itália, em Bérgamo, pela [?]
13:15 | Dez. 26, 2018
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

Quando um time de futebol se vê apertado, é preciso um brilho de seu craque, do super-herói, e a Juventus tem isso. Começando no banco de reservas, Cristiano Ronaldo entrou no segundo tempo para marcar o gol que decretou o empate por 2 a 2 contra a Atalanta, no Atleti Azzurri d´Itália, em Bérgamo, pela 18ª rodada do Campeonato Italiano. Os gols dos mandantes foram marcados por Zapata (duas vezes). Djimisti (contra) e CR7 fizeram para a Velha Senhora.

O gajo livrou a cara da Juventus, que fez uma apresentação abaixo do esperado contra a perigosa Atalanta. O time passou parte do segundo tempo com um jogador a menos, em função da expulsão de Bentancur, mas conseguiu arrancar um ponto precioso. Com o resultado, a Juve é líder com 50 pontos.

Na próxima rodada a Atalanta vai jogar contra o Sassuolo, fora de casa. Já a equipe dirigida por Massimiliano Allegri, receberá a Sampdoria. Ambos os jogos serão no sábado.

Partida lá e cá acaba com primeiro tempo empatado

Logo aos dois minutos, a Juventus saiu na frente. Alex Sandro cruzou da esquerda, perto da área, a bola desviou na marcação e ao tentar cortar, Djimsiti marcou contra. A Juve seguia melhor e quase ampliou aos cinco minutos. Bentancur arriscou de longe, a redonda acertou o travessão, mas antes o goleiro Berisha havia tocado nela.

Aos poucos, a Atalanta foi se soltando e dando trabalho para a Velha Senhora. Papu Gómez avançou pela direita e cruzou rasteiro. A bola passou por toda a área, e Zapata não chegou a tempo de finalizar a jogada construída. Os visitantes responderam em cobrança de escanteio ensaiada. Dybala cruzou da esquerda, Chiellini e Mandzukic chegaram juntos com a marcação dupla e quase sai o segundo gol.

Entretanto, o time de Bérgamo empatou aos 24 minutos. O centroavante Zapata recebeu na meia-lua de Papu Gómez, girou e ficou frente a frente com o goleiro. Na hora de finalizar, o colombiano bateu forte com a perna esquerda, sem chances para Szczesny.

Bastou levar o gol para a Juventus voltar a colocar mais volume no jogo. Douglas Costa recebeu, pedalou dentro da área pela esquerda e bateu forte, mas a bola balançou a rede pelo lado de fora. Até acabar o primeiro tempo, o jogo seguia movimentado, com os dois times levando perigo e com o placar de 1 a 1 justo.

Atalanta vira, mas CR7 entra e salva

No segundo tempo, a Atalanta começou em cima da Juventus, que acabou tendo o meia Bentancur expulso, após falta dura no campo de ataque, complicando a situação da equipe de Allegri.

Já aproveitando, o time de Bérgamo conseguiu desempatar o jogo aos 11 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola passou por três defensores da Juve. Zapata, em dia inspirado e bem posicionado cabeceou sozinho e deixando a equipe na frente, complicando a vida da líder do campeonato.

Depois disso, Allegri finalmente colocou Cristiano Ronaldo em campo, na vaga de Khedira. Com um jogador a menos, a Velha Senhora se atirou ao ataque, mas dava espaços ao adversário, que explorava os contra-ataques.

Entretanto, quem tem Cristiano Ronaldo se salva. Aos 33 minutos, depois de cobrança de escanteio e bobeada da zaga, o gajo cabeceou para o fundo das redes para marcar o 12º gol na Serie A.

Confira os resultados e os jogos da 18ª rodada do Campeonato Italiano:

Quarta-feira

Frosinone 0 x 0 Milan

Atalanta 2 x 2 Juventus

Bologna 0 x 2 Lazio

Cagliari 1 x 0 Genoa

Fiorentina 0 x 1 Parma

Sampdoria 2 x 0 Chievo

15h00 Roma x Sassuolo

15h00 Spal x Udinese

15h00 Torino x Empoli

17h30 Inter x Napoli

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Latam terá voos diários em Jeri e Juazeiro; rota Fortaleza-Maceió inicia vendas quarta-feira, 4

ECONOMIA
2021-08-02 12:08:16
Autor Samuel Pimentel
Foto do autor
Samuel Pimentel Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

A Latam anunciou nesta segunda-feira, 2, que deve chegar a 93% de operação no Brasil comparado ao período pré-pandemia, em 2019. Mas, segundo o executivo de Vendas e Marketing, Diogo Abadio Nunes Elias, o desempenho da companhia no Ceará é o grande destaque nacional e deve fechar o ano com movimentação superior ao observado antes do início da pandemia, com 101% da operação observada em 2019.

A partir de novembro, a companhia iniciará mais uma ampliação de rotas no Nordeste. Somente para o Ceará, a companhia deve ampliar em 66% a quantidade de voos na comparação com a operação atual de agosto de 2021. A comercialização das novas rotas inicia a partir de quarta-feira, 4 de agosto. A primeira a entrar em operação será a rota São Paulo-Juazeiro do Norte, em 4 de novembro. Ainda em novembro, a companhia terá voos com destino a Petrolina.

A partir de dezembro vem a conclusão dessa ampliação anunciada hoje. O destaque fica por conta da rota São Paulo-Jericoacoara, a partir de 1º de dezembro. A companhia ainda inclui Vitória da Conquista em seu portfólio.

Tanto Juazeiro do Norte, quanto Jericoacoara terão voos diários. Segundo a Latam, as aeronaves que serão utilizadas na rota com destino a Jeri será a A-319. Já o voo com destino a Juazeiro será operado com a A-320.

Ampliação em Fortaleza

No anúncio desta segunda-feira, 2, a Latam ainda ressaltou que em 2021 retomará todos os 33 destinos nacionais operados pelo seu hub em Brasília.

Em Fortaleza, destacado pela companhia como um importante ponto de conexão da empresa, teremos a retomada dos destinos diretos para Confins, Natal, Salvador, São Luís e Recife.

Entre os novos destinos, serão cinco voos semanais para Maceió; quatro voos para Porto Velho (com escala sem troca de avião em Manaus) e quatro voos semanais para Macapá (com escala em Belém).

Com a ampliação, a presença da Latam no Aeroporto de Fortaleza passará a contar com 14 destinos. A comercialização de rotas operadas anteriormente pela Latam já estão disponíveis para os clientes no site da companhia aérea.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Vacinação Covid-19: Fortaleza alcança marca de 2 milhões de doses aplicadas

PRIMEIRA E SEGUNDA DOSES
2021-08-02 12:05:46
Autor Lais Oliveira
Foto do autor
Lais Oliveira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Fortaleza chegou na manhã desta segunda-feira, 2, à marca de 2 milhões de doses aplicadas contra a Covid-19. O dado considera aplicações de primeira (D1) e segunda dose (D2), bem como de dose única, e foi divulgado nas redes sociais do prefeito José Sarto (PDT).

"Um número que nos dá muita alegria e orgulho, pois significa renovação da esperança e fé em dias melhores. Muito obrigado a toda a equipe de saúde. A nossa população tem acompanhado todo esse esforço e, tenho certeza, agradece pelo empenho!", escreveu Sarto. 

O Vacinômetro da Capital, atualizado pela última vez na quarta-feira, 28, ainda contabiliza 1.927.202 doses aplicadas no total. Hoje e terça-feira, 3, os agendamentos em Fortaleza são para aplicação somente de segunda dose. A expectativa é imunizar 43 mil pessoas nos dois dias.

O fim de semana também não teve aplicação da primeira dose (D1). São quatro dias consecutivos sem novas pessoas imunizadas. Nas últimas semanas, a vacinação com D1 tem sido interrompida com frequência na Capital e no Interior. As remessas de vacina não são suficientes para a demanda populacional.  

Quase metade da população adulta do Ceará ainda não recebeu nenhuma dose da vacina contra Covid-19. A vacinação em ritmo lento provavelmente impossibilitará o alcance a meta da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) de vacinar todos os maiores de 18 anos até o fim de agosto no Estado

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Cearenses nas Olimpíadas: datas e horários das disputas em Tóquio hoje, dia 11

Veja calendário
2021-08-02 12:00:00
Autor Bemfica de Oliva
Foto do autor
Bemfica de Oliva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

No começo da terceira semana da Olimpíada de Tóquio, três atletas nascidos ou radicados no Ceará seguem disputando modalidades nas competições. Confira abaixo as datas e horários de cada partida para a noite desta segunda-feira, 2, e manhã da terça-feira, 3.

Arremesso de dardo feminino

Laila Ferrer nasceu em Sergipe, mas é radicada em Fortaleza, onde cursou Educação Física e, aos 25 anos, começou no arremesso de dardo. Veja o calendário da modalidade:

  • 2/8 (segunda-feira) - 21h20min – Grupo A (Classificatória)
  • 2/8 (segunda-feira) - 22h50min – Grupo B (Classificatória)

Hipismo - Saltos

Nascido em Imperatriz (MA), Marlon Zanotelli viveu dos seis aos 18 anos no Ceará e está nas Olimpíadas de Tóquio.

  • 3/8 (terça-feira) - 7h – Hipismo Saltos individual (eliminatórias)

O calendário completo de disputas dos cearenses nas Olimpíadas de Tóquio pode ser visto clicando neste link.

OLIMPÍADAS DE TÓQUIO: CONFIRA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Resultados do Brasil na Olimpíada dia 10: liderança no vôlei, ginástica sem medalhas e Isaquías avança

.
2021-08-02 12:00:00
Autor Lucas Mota
Foto do autor
Lucas Mota Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Time Brasil acabou frustrando a expectativa criada por medalhas nas finais da ginástica artística, com participação de Rebeca Andrade e Arthur Zanetti, ao ficar fora do pódio no dia 10 de Olimpíada. Por outro lado, Isaquías Queiroz avançou com a sua dupla na canoagem de velocidade nos 1000m, Alison e Álvaro se classificaram no vôlei de praia e a seleção brasileira de vôlei de quadra concluiu a fase de grupos na liderança.

+ Análise: madrugada sem medalhas para o Brasil no 10º dia olímpico

A delegação brasileira amargou eliminações no vôlei de praia, com Bruno e Evandro, no tênis de mesa, no atletismo e no handebol. O POVO faz o balanço dos resultados do Time Brasil entre a noite de domingo, 1º, até a manhã desta segunda-feira, 2.

Liderança no vôlei
A seleção brasileira de vôlei de quadra feminina concluiu a participação na fase de grupos com vitória tranquila sobre Quênia. Invicta, a equipe do Brasil vai para o mata-mata como a melhor campanha da chave A.

Isaquías e Jacky avançam
A dupla de canoístas brasileiros Isaquias Queiroz e Jacky Godmann está na semifinal da canoagem. Competindo pela categoria C-2 sprint, em corrida de 1.000 metros, eles ficaram em primeiro na bateria das quartas de final na Olimpíada de

Com Rebeca, Zanetti e Caio, ginástica fica sem medalhas
Rebeca Andrade terminou no quinto lugar na final do solo. Arthur Zanetti caiu na saída das argolas e ficou fora do pódio. A queda de Caio Souza no salto também tirou qualquer possibilidade de medalha. Desta forma, o Time Brasil não conseguiu notas suficientes para medalhas no dia 10 na ginástica artística.

Alison e Álvaro estão nas quartas de final
Alison e Álvaro venceram os mexicanos Gaxiola e Rubio, em confronto válido pelas oitavas de final do vôlei de praia masculino. A dupla brasileira sobrou na partida com uma vitória consistente por 2 sets 0 e parciais de 21 a 14 e 21 a 13.

Evandro e Bruno se despedem
A dupla Bruno Schmidt e Evandro Oliveira perdeu nas eliminatórias do vôlei de praia na Olimpíada de Tóquio. Com o resultado a favor da Letônia, os brasileiros se despedem da competição.

Despedida do handebol
O Brasil entrou em quadra entre a noite deste domingo, 1°, e a madrugada desta segunda-feira, 2, pela última rodada da fase de grupos do handebol feminino nas Olimpíadas de Tóquio, contra a França. Para avançar às quartas de final, as brasileiras precisavam vencer ou empatar com as francesas. Contudo, a equipe europeia triunfou por 29 a 22 e eliminou o Brasil da competição.

Brasil está eliminado no tênis de mesa
O Brasil está fora da disputa por equipes no tênis de mesa na Olimpíada de Tóquio. A equipe, com Vitor Ishiy, Gustavo Tsuboi e Hugo Calderano, perdeu a partida das quartas de final contra a Coreia do Sul na madrugada desta segunda-feira, 2.

 

Adiamento na vela
As competições de vela na Olimpíada de Tóquio previstas para esta segunda-feira, 2, foram adiadas. Devido à falta de vento, as regatas não puderam acontecer.

Brasileiras não avançam no atletismo
As brasileiras Ana Carolina Azevedo e Vitória Rosa participaram na noite deste domingo, 1°, das baterias eliminatórias dos 200 metros rasos e não conseguiram avançar de fase na competição. Carolina ficou na quinta colocação de sua prova, com tempo de 23.20, a melhor marca da temporada para a atleta. Vitória, por sua vez, atingiu a marca de 23.59 e terminou na sexta posição.

Jaqueline Ferreira fica em 12º no levantamento de peso
A brasileira Jaqueline Ferreira levantou 215kg na Olimpíada de Tóquio, mas não conseguiu marca suficiente para avançar para as finais. Desta forma, ela se despediu da competição. O ouro ficou com a chinesa Wang Zhouyu, com 270kg.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

A dupla ameaça de Mourão e Bolsonaro é jogo para a plateia

2021-08-02 11:55:00
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O presidente Jair Bolsonaro, naquele seu linguajar tosco, deixa no ar a possibilidade de não candidatar-se à reeleição em 2022 (o que faria com que a sua única promessa de campanha fosse cumprida). O general Hamilton Mourão, no seu jeito educado, ao modo media training, lança o balão de ensaio de que pode renunciar à vice-presidência.

Partido Militar
Ambos falam para a plateia. Bolsonaro para a sua horda de fanáticos, pronta a obedecer o "duce", esperando apenas a ordem para entrar em ação, qualquer que seja ela.

Mourão fala para o “Partido Militar” que, segundo o coronel Marcelo Pimentel, não quer largar o osso, com ou sem Bolsonaro. Para os generais, segundo o coronel, o presidente seria uma “peça descartável”, pois o objetivo principal dos fardados é a manutenção do poder. Para Pimental, o partido militar nunca deixou de existir, apenas esteve "adormecido" depois da Constituição de 1988, tendo voltado ao poder usando Bolsonaro como instrumento.

Renúncia
A meu ver, existe sim a possibilidade de Mourão renunciar, ou chutar o pau da barraca, passando a fazer oposição aberta a Bolsonaro. Mas não seria agora. Ele pretende esperar o desenrolar dos acontecimentos para ver até onde vai a queda de Bolsonaro para tomar sua decisão.

“Terceura via”
Mourão pode até ser candidato (a presidente ou a vice) na chamada "terceira via", que tem o apelido de "centro", mas é a velha direita brasileira. E esta, do mesmo modo que não se peja em apoiar um candidato de extrema direita, não contará pipoca para aninhar em seus braços o Partido Militar. Ou seja, seria a solução militar sem Bolsonaro.

Abandonado
Assim, abandonado, com uma “terceira via” competitiva e mais um candidato forte (Lula), haveria o risco de Bolsonaro ficar fora do segundo turno. Em assim sendo, ele anunciaria em uma “motociata” que não participaria da eleição, chamando a horda que o segue para criar um “problema pior” do que aconteceu nos Estados Unidos, segundo sua própria declaração.

A desculpa, claro, seria a ausência do "voto impresso e auditável", a realidade é que nessa situação, sem a possibilidade de vencer a eleição, só restaria a Bolsonaro apelar para o aprofundamento do caos. Isso explica seus discursos cada vez mais estrambóticos, ainda que desagrade o seu mais novo amigo de infância, o Centrão.

*
PS. Quem quiser saber mais sobre o coronel da reserva Marcelo Pimentel, crítico severo do governo e da atuação das Forças Armadas na política, pode pesquisar no Youtube. Em vários vídeos, ele expõe o que pensa sobre o assunto.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags