PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Campeão do mundo, Roque Júnior diz que Tite merece continuidade na Seleção Brasileira

Um dos grandes nomes da história da Seleção Brasileira, o ex-zagueiro Roque Júnior parece estar confiante com o futuro da equipe nacional nos próximos anos. Em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva, o atual dirigente da Ferroviária relembrou o trabalho feito por Tite desde que assumiu o time canarinho e afirmou que confia no trabalho do [?]

09:15 | 27/12/2018

Um dos grandes nomes da história da Seleção Brasileira, o ex-zagueiro Roque Júnior parece estar confiante com o futuro da equipe nacional nos próximos anos. Em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva, o atual dirigente da Ferroviária relembrou o trabalho feito por Tite desde que assumiu o time canarinho e afirmou que confia no trabalho do atual técnico do Brasil.

?O Tite fez um um bom trabalho na Seleção Brasileira e a tendência é que continue assim, ele é um excelente treinador. Não é fácil comandar o time brasileiro, é preciso estar sempre atento à mudanças. Fez um bom trabalho antes da Copa do Mundo e por isso acho que merece ter continuidade no comando da Seleção Brasileira?, ressaltou o ex-defensor.

Além de destacar o trabalho consistente do ex-treinador do Corinthians, Roque Júnior também falou sobre disputar uma Copa do Mundo, algo que o ex-zagueiro sabe fazer muito bem, já que foi campeão mundial em 2002, última conquista da Seleção Brasileira no principal torneio de futebol entre nações.

?Jogar uma Copa do Mundo é sempre difícil, é uma competição onde os melhores estão e que cada adversário tem a sua qualidade. Mesmo assim, na minha opinião, o Brasil é sempre o favorito para ganhar o Mundial, a história da nossa seleção é muito grande e marcante. Infelizmente nesse ano o título não veio, mas o Brasil continua sendo o principal time nos Mundiais?, afirmou o ex-defensor da Seleção Brasileira.

Em sua trajetória pela Seleção Brasileira, quando ainda era jogador, Roque Júnior vestiu a camisa amarelinha de 1999 a 2005, conquistando não apenas a Copa do Mundo de 2002 como a Copa das Confederações de 2005, quando o Brasil goleou a Argentina por 4 a 1 na grande decisão do torneio.

* Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva

TAGS