PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Nilton rasga elogios a atuação e entrega do Bahia na Sul-Americana

O Bahia tinha uma missão complicada pela frente nesta quarta-feira, quando enfrentou o Atlético-PR, em Curitiba (PR), pelo jogo de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana, tendo perdido a ida, em casa, por 1 a 0. Na  Arena da Baixada, os tricolores fizeram o possível e até conseguiram vencer o jogo, mas acabaram [?]

10:45 | 01/11/2018

O Bahia tinha uma missão complicada pela frente nesta quarta-feira, quando enfrentou o Atlético-PR, em Curitiba (PR), pelo jogo de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana, tendo perdido a ida, em casa, por 1 a 0. Na  Arena da Baixada, os tricolores fizeram o possível e até conseguiram vencer o jogo, mas acabaram derrotados nos pênaltis. A entrega e a boa atuação da equipe rendeu elogios do volante Nilton, que as exaltou após o apito final.

?Com toda honestidade, não faltou nada. Ficou tudo dentro do campo. Coração, até a última gota de suor, a última gota de sangue. Aqui não somos colegas de trabalho. Formamos uma família. Essa entrega que houve ali dentro, essa honestidade que estamos tendo um com o outro, não é por acaso. Fica um gostinho de que poderíamos ter ido um pouco mais. Mas, infelizmente, o futebol é isso?, afirmou, em coletiva de imprensa.

Para levar o confronto às penalidades, os baianos assumiram riscos e mostraram coragem. A classificação não aconteceu por pouco, mas, ainda segundo Nilton, não pode ser motivo para frustração, muito menos lamentação.

?Sabíamos do momento em que poderíamos ser surpreendidos. Colocamos, acima de tudo, essa união que a gente tem fora, dentro de campo. Nossa entrega. E conseguimos neutralizar a equipe deles aqui dentro. Conseguimos, no tempo normal, terminar com 1 a 0. Infelizmente, o pênalti eu digo que é uma loteria. E também só erra quem bate. Tem que só parabenizar, enaltecer mesmo o grupo. Pelo que apresentamos, a gente pode sair da competição de cabeça erguida?, completou.

Eliminado da Sul-Americana, o Bahia volta o foco 100% para o Campeonato Brasileiro, no qual segue na luta contra o rebaixamento. O time comandado por Enderson Moreira ocupa a 12ª colocação, com 37 pontos ganhos, apenas três a mais que a Chapecoense, que encabeça a zona da degola. O próximo confronto do Tricolor é justamente contra a Chape e está marcado para 19h (horário de Brasília) de domingo, em Salvador (BA).

Gazeta Esportiva

TAGS