PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Guarani e Londrina fazem despedida melancólica na Série B

Nadar, nadar e morrer na praia. Assim foi a Série B do Campeonato Brasileiro para Guarani e Londrina em 2018. O Bugre chegou a esboçar uma reação e quase conseguiu alcançar o G4. O mesmo é válido para o Tubarão, que esteve inclusive na zona de rebaixamento, e quando pareceu que subiria, não conquistou a [?]

19:15 | 23/11/2018

Nadar, nadar e morrer na praia. Assim foi a Série B do Campeonato Brasileiro para Guarani e Londrina em 2018. O Bugre chegou a esboçar uma reação e quase conseguiu alcançar o G4. O mesmo é válido para o Tubarão, que esteve inclusive na zona de rebaixamento, e quando pareceu que subiria, não conquistou a vaga. As equipes entram em campo às 17h00 (horário de Brasília), no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

A situação no clube campineira segue ainda mais grave. O técnico Umberto Louzer foi demitido já depois da equipe não ter chances de estar na elite, e o antigo comandante ainda acertou com o Vila Nova, para a temporada 2019. Quem dirigiu o time no empate em 1 a 1 contra o Brasil de Pelotas e dirigirá neste sábado é o interino Marco Antônio.

O comandante inclusive, pediu ao Guarani para não repetir os erros de 2018 no ano que vem. Mesmo assim, ao fazer um balanço da temporada, diz que o saldo final é positivo, apesar da reta final decepcionante de Série B.

?Para o Guarani, no ano que vem, não podemos nos esquecer dos erros de 2018. É preciso lembrar as coisas ruins para que elas nunca mais aconteçam. Se teve algo que contribuiu para que não fôssemos mais longe, porque foi uma temporada positiva, foi alguma coisa do jogo. Comentamos com os atletas que é preciso lembrar sempre para não acontecer mais?, afirmou.

O Bugre é o nono colocado da Série B, com 51 pontos ganhos. Em caso de vitória, o time fechará na posição. O triunfo é importante, pois quebra uma sequência ruim da equipe de três jogos sem vitória.

Londrina aproveita para dar oportunidade a outros atletas

Em contrapartida, a equipe dirigida por Roberto Fonseca vai aproveitar a ocasião para dar oportunidade a alguns jogadores que pouco atuaram. Apesar disso, o Londrina terá desfalques importantes, visto que Dagoberto, Thiago Ribeiro e Leandro Almeida já deixaram o clube. Germano, machucado também não atuará em Campinas.

Matheuzinho, que estava na Seleção Sub-20. O jovem de 18 anos é uma das esperanças do clube para a próxima temporada. A primeira oportunidade do defensor ainda foi sob o comando de Ricardinho, atuando em 11 jogos. No entanto, uma lesão o impediu de ter uma maior sequência. O atleta, inclusive vê como grande chance jogar ao lado dos jovens e mais experientes do elenco.

?Estamos com a expectativa alta. O professor Ricardinho me deu a oportunidade de mostrar o meu futebol no começo do ano. Então, acho que todos merecem oportunidades. Essa mescla de jogadores experientes. Essa mescla de jogadores experientes com os mais jovens vai ser muito bom para o Londrina?, disse o lateral.

O Tubarão está em oitavo lugar, com 55 pontos, e pode ainda terminar em sexto caso derrote o adversário em Campinas.

FICHA TÉCNICA

GUARANI X LONDRINA

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa

Data: 24 de novembro de 2018, sábado

Horário: 17h00 (horário de Brasília)

Árbitro: Avelar Rodrigo da Silva (CE)

Assistentes: Marcione Mardonio da Silva Ribeiro (CE) e Ailton Farias da Silva (SE)

GUARANI: Passarelli; Felipe Rodrigues, Ferreira, Fabrício e Pará; Willian Oliveira, Denner, Mateusinho, Rafael Longuine e Erik; Gabriel Poveda.

Técnico: Marco Antônio

LONDRINA: Vagner; Matheuzinho, Luizão, Mancini e Igor Miranda; João Paulo, Jardel e Anderson Leite; Higor Leite, Marcelinho e Carlos Henrique.

Técnico: Roberto Fonseca

Gazeta Esportiva

TAGS