Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Dedé elogia sistema tático implementado por Tite no Brasil

O torcedor brasileiro até poderia suspeitar do elogio de Dedé, zagueiro, ao sistema tático da Seleção, que favorece o esquema defensivo. Mas o atleta do Cruzeiro fez questão de aprofundar-se mais na análise da estratégia implementada por Tite no Brasil, em entrevista coletiva concedida neste domingo, e elogiar todos os componentes da disposição tática brasileira. [?]
19:15 | Nov. 18, 2018
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O torcedor brasileiro até poderia suspeitar do elogio de Dedé, zagueiro, ao sistema tático da Seleção, que favorece o esquema defensivo. Mas o atleta do Cruzeiro fez questão de aprofundar-se mais na análise da estratégia implementada por Tite no Brasil, em entrevista coletiva concedida neste domingo, e elogiar todos os componentes da disposição tática brasileira.

?É uma responsabilidade grande de quem entra, porém, o trabalho feito por todos, não só com quem vem jogando, é muito bom para dar confiança para a gente. Acho que o sistema completo da Seleção favorece a defesa, mas nosso time tem noção excelente de tática. O treinador vem implementando trabalhos favoráveis ao sistema defensivo, e isso ajuda muito?, afirmou, antes de dar um conselho geral aos convocados do técnico brasileiro.

?Para quem vai entrar: concentração e seguir o que é pedido, que aí vamos manter o mesmo nível?, concluiu.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Perguntado se enxerga os demais zagueiros convocados como concorrentes, Dedé rechaçou a possibilidade e destacou o desejo comum do elenco de Tite: o bem da Seleção Brasileira.

Apenas com os reservas em campo, Seleção Brasileira volta aos trabalhos

Pablo destaca ?trabalho ao máximo? para permanecer na Seleção

?Todos complementam e entram para defender a Seleção. Não vim brigar por posição. Estou sonhando com todo tipo de competição, mas certamente (os demais zagueiros) têm a capacidade de jogar e ajudar o companheiro como qualquer outro. Joguei com Thiago Silva, Marquinhos, treinei bastante com o Miranda. Se tiver uma oportunidade de jogar com quem não joguei, vai ser especial para mim. Farei de tudo para ajudá-los, com determinação, vontade e humildade. Me senti bem jogando ao lado do Pablo e do Miranda. Não considero eles concorrentes, pelo contrário?, finalizou.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags