PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Paraná lamenta mais um tropeço e promete mais trabalho para tentar reagir

Já são mais de 70 dias sem saber o que é vencer. O Paraná Clube empatou em 1 a 1 diante do Vasco da Gama, em plena Vila Capanema, pelo Campeonato Brasileiro, e deu mais um passo largo rumo à Série B. O zagueiro Charles destacou a entrega do time em campo, mas acredita que [?]

23:30 | 01/10/2018

Já são mais de 70 dias sem saber o que é vencer. O Paraná Clube empatou em 1 a 1 diante do Vasco da Gama, em plena Vila Capanema, pelo Campeonato Brasileiro, e deu mais um passo largo rumo à Série B. O zagueiro Charles destacou a entrega do time em campo, mas acredita que mesmo com todo esforço o Tricolor vive uma fase na qual nada funciona como deveria.

?Futebol é complicado. O que não pode é reclamar da gente empenho, dedicação. A gente vem treinando forte e ninguém mais do que a gente quer sair dessa situação. Tentamos de todo jeito. Eles fizeram o gol, ficaram com um jogador a menos, e se fecharam?, disse o defensor, que aposta no trabalho para tentar o milagre na reta final. ?Só a gente trabalhando para a gente sair dessa situação. Vamos tentar até o fim?, completou.

Para Mansur, o gol vascaíno nos acréscimos da primeira etapa mexeu com os nervos de um time já abalado, que estava se doando ao máximo, mas o resultado também passa pelos gols perdidos. ?O desgaste nesse momento é muito grande. Mexe com tudo, emocionalmente e fisicamente. Infelizmente a bola mais uma vez não quis entrar. Na próxima vez tem que aproveitar os gols perdidos?, avaliou.

Já o zagueiro Jesiel, que voltou a jogar e ser titular, lamentou os pontos perdidos, mas prega poucas palavras e muito trabalho para reagir. ?Mais uma vez não conseguimos sair com os três pontos. Nosso time lutou, teve garra para buscar a vitória, mas as coisas não estão acontecendo. Tem que continuar, não tem mais o que falar?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS