PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Após desentendimento, Bolt recebe proposta de time da Austrália

O Central Coast Mariners ofereceu um contrato para Usain Bolt, mas com salário baixo, de acordo com a impensa australiana. O jamaicano vem tentando se tornar jogador profissional e, no último final de semana, houve um desentendimento quando o agente do ex-velocista disse que ele havia recebido uma oferta, mas o treinador Mike Mulvey negou. [?]

18:45 | 22/10/2018

O Central Coast Mariners ofereceu um contrato para Usain Bolt, mas com salário baixo, de acordo com a impensa australiana. O jamaicano vem tentando se tornar jogador profissional e, no último final de semana, houve um desentendimento quando o agente do ex-velocista disse que ele havia recebido uma oferta, mas o treinador Mike Mulvey negou.

Mike Charlesworth, dono dos Mariners, teriam oferecido um contrato no valor de 1,8 milhão de euros inicialmente, mas agora as cifras seriam notavelmente inferiores, de acordo com o Daily Telegraph. Em sua primeira partida como titular, o jogador de 32 marcou dois gols em amistoso contra Macarthur South West United.

Apesar disso, o treinador Mulvey chegou a manifestar após o empate contra o Brisbane Roar, na primeira rodada do campeonato logal, que ele tinha muitos atacantes e Bolt não tinha espaço. Tommy Oar, que defende a seleção da Austrália, e Ross McComarck, que está emprestado pelo Aston Vila, são os titulares dos Mariners.

Gazeta Esportiva

TAGS