PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Alexis Sánchez quer deixar o Manchester United e se transferir para o PSG

Contratado sob muitos holofotes e com status de estrela, Alexis Sánchez não caiu nas graças da torcida do Manchester United e muito menos de José Mourinho. Depois de muitas oportunidades, o chileno chegou a ser barrado pelo português em alguns duelos, iniciando no banco de reservas, e agora parece estar disposto a deixar a Inglaterra [?]

15:45 | 26/10/2018

Contratado sob muitos holofotes e com status de estrela, Alexis Sánchez não caiu nas graças da torcida do Manchester United e muito menos de José Mourinho. Depois de muitas oportunidades, o chileno chegou a ser barrado pelo português em alguns duelos, iniciando no banco de reservas, e agora parece estar disposto a deixar a Inglaterra para vestir a camisa do Paris Saint-Germain.

De acordo com o jornal inglês Daily Mail, Sánchez chegou a conclusão de que a transferência para o United há pouco menos um ano foi um erro em sua carreira e espera uma mudança de ares para retomar o bom futebol. Por isso, já teria escolhido seu destino e aguarda um contato e o interesse do PSG para articular uma transferência e ser mais um comandado por Thomas Tuchel.

O empecilho para uma possível negociação, porém, são os altos ordenados do chileno. Ao que tudo indica, Alexis recebe cerca de 30 milhões de euros por temporada (cerca de R$ 125 milhões), salário que à princípio impede um acerto com o clube francês. Nesta temporada, o atacante atuou em apenas oito jogos e disputou 437 minutos, uma média de menos de 60 minutos por confronto.

Antes de acertar sua saída do Arsenal para os Red Devils, Sánchez entrou na mira dos parisienses, que acabaram correndo por fora e ficando para trás na briga contra o time comandado por Mourinho. Especula-se que o treinador, inclusive, foi um diferencial para o acerto, mesmo parecendo que a relação se tornou perecível ao longo dos meses.

Na última terça-feira, por exemplo, Alexis sequer foi relacionado pelo Special One para o duelo frente a Juventus, pela Liga dos Campeões. A justificativa oficial foi de que o jogador estava sem treinar com o restante do time há cerca de 10 dias por conta de um procedimento dentário ao qual foi submetido. Entretanto, a indicação foi de um recado ao atacante, que também não parece mais disposto a ficar.

Gazeta Esportiva

TAGS