PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Treinador do Porto elogia polivalência de Militão: ?Joga em três posições?

A polivalência de Éder Militão sempre foi considerado um dos trunfos para que o jovem jogador formado nas categorias de base do São Paulo vingue no futebol europeu. Em poucas semanas, essa competência para atuar em diversas posições do setor defensivo já ficou clara para a comissão técnica do Porto e rendeu elogios do treinador [?]

10:30 | 24/08/2018

A polivalência de Éder Militão sempre foi considerado um dos trunfos para que o jovem jogador formado nas categorias de base do São Paulo vingue no futebol europeu. Em poucas semanas, essa competência para atuar em diversas posições do setor defensivo já ficou clara para a comissão técnica do Porto e rendeu elogios do treinador Sérgio Conceição nesta sexta-feira.

Em sua tradicional entrevista coletiva que antecede o jogo do próximo sábado contra o Vitória de Guimarães, pela terceira rodada do Campeonato Português, o comandante rasgou elogios ao jovem brasileiro contratado nesta janela de transferências, mas despistou quanto a data de estreia de Militão com a camisa dos Dragões.

?Já vi o Éder a jogar no meio-campo, como um primeiro volante, como lateral-direito e também como zagueiro. Ele tem essa capacidade para jogar em três posições e desempenhar várias funções. Vai depender do que a equipe precisar nesse momento. É um jovem, mas com uma base muito interessante, bem formado futebolisticamente?, disse Conceição.

?O Éder Militão vem de um campeonato completamente diferente e tem de ter o seu tempo para se ambientar e perceber quais são os processos da equipe. Sou um treinador rigoroso com os comandos táticos e um detalhe pode definir uma partida. Quando sentir que ele está completamente integrado com os princípios e a dinâmica da equipe, será utilizado?, completou o treinador.

A expectativa inicial é de que Militão, inicialmente, atue como zagueiro ao lado de outro brasileiro: Felipe, ex-Corinthians. Porém, a polivalência pode torná-lo um trunfo do time do Porto, que briga pelo bicampeonato nacional e busca surpreender na Liga dos Campeões. No São Paulo, antes de se destacar na lateral-direita, o jovem formado em Cotia atuou como primeiro volante e também como defensor no esquema com três zagueiros.

Gazeta Esportiva

TAGS