PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Reservas da Chapecoense perdem amistoso para o Torino na Itália

Nesta quarta-feira, o time reserva da Chapecoense entrou em campo em Turim, na Itália para enfrentar o Torino em partida amistosa. Em uma partida dominada pelo time da casa, vitória justa pelo placar de 2 a 0, em belo gol marcado por Meité e De Silvestri fechou a conta. Os reservas do time catarinense não [?]

18:30 | 01/08/2018

Nesta quarta-feira, o time reserva da Chapecoense entrou em campo em Turim, na Itália para enfrentar o Torino em partida amistosa. Em uma partida dominada pelo time da casa, vitória justa pelo placar de 2 a 0, em belo gol marcado por Meité e De Silvestri fechou a conta.

Os reservas do time catarinense não conseguiram aproveitar a oportunidade. Desentrosados e sem ritmo acabaram sendo derrotados pela equipe italiana, que segue em preparação para a temporada. Nesta noite por exemplo, o time titular pega o Corinthians, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Destaque para Jackson Folmann, que deu o pontapé inicial, e Alan Ruschel que esteve em campo.

O jogo ? Com o pontapé inicial dado por Jakson Fiollmann a Chape começou a partida tocando a bola, envolvendo o Torino, e quase abriu o placar com Barreto, após lance de cobrança de falta cobrada por Alan Ruschel.

Os italianos assustaram pela primeira vez com Baselli, que recebeu livre e bateu de primeira, a bola acertou a trave do goleiro Tiepo. Aos poucos, a equipe mate começava a dominar a partida, e quase marcou com Belotti e Falque.

Aos 20 minutos, o time catarinense chegou com Júnior Santos que mandou por cima do gol. O Torino respondeu com Falque, que tentou marcar por cobertura, mas a bola foi direto pela linha de fundo, saindo em tiro de meta para a equipe da Chapecoense.

Até o final do primeiro tempo, os italianos seguiam tentando, pois eram melhores no jogo. A Chape tentou com Jean Roberto, que viu Sirigu adiantado, e tentou do meio de campo. Mas a bola passou longe do gol. O primeiro tempo acabou com o placar zerado.

Na etapa complementar, as equipes fizeram algumas alterações. Logo aos quatro minutos, o Torino saiu na frente. Meité pela meia esquerda fez boa jogada individual e bateu cruzado, sem chances de defesa para Tiepo.

A Chape seguia lutando. Entretanto, o time reserva não conseguia fazer grandes coisas, apesar de lutar muito. Os italianos seguiam superiores, e quase ampliaram com Berenguer, mas Tiepo segurou. Na sequência, De Silvestri cabeceou e ampliou, mas o gol foi anulado pela arbitragem.

Sem conseguir pressionar muito, o time catarinense teve a chance com Vinícius, que recebeu livre na entrada da área, mas perdeu. Próximo da reta final do jogo, os times começavam a fazer alterações com o intuito de rodar os jogadores do elenco. Aos 38 minutos, o Torino fechou o placar, Ljajic tocou para De Silvestri, que dominou e bateu, ampliando o marcador.

 

Gazeta Esportiva

TAGS