PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Jogadores de clubes espanhóis se reúnem para não jogarem nos EUA

Um acordo selado entre a liga que controla o Campeonato Espanhol e uma multinacional em Miami resultou na realização de jogos da competição nos Estados Unidos da América. Conforme noticiou o El País, Barcelona e Real Madrid poderiam atuar fora do continente europeu nas partidas domésticas. Diante desse cenário, os atletas importantes de 14 clubes [?]

16:45 | 22/08/2018

Um acordo selado entre a liga que controla o Campeonato Espanhol e uma multinacional em Miami resultou na realização de jogos da competição nos Estados Unidos da América. Conforme noticiou o El País, Barcelona e Real Madrid poderiam atuar fora do continente europeu nas partidas domésticas.

Diante desse cenário, os atletas importantes de 14 clubes estão reunidos contra o acordo, e manterem os jogos em solo espanhol. Os jogadores se juntaram na sede da Associação de Futebolistas Espanhóis para protestar de forma contrária a medida. Os gigantes da Espanha atuariam em Miami e Nova York, por exemplo.

David Aganzo, presidente da Associação explicou a situação. ?Os jogadores estão indignados. Não queremos colocar o futebol à venda, estamos mais preocupados os nossos torcedores, com a nossa saúde e outras coisas que consideramos essenciais para o espetáculo?, afirmou.

Até o momento, nenhum jogo ainda foi marcado para o solo norte-americano. No entanto, apenas a primeiro rodada foi disputada, e ainda podemos ter alguns duelos do campeonato marcados fora do país.

Confira os jogadores presentes na reunião

Atlético de Madrid: Juanfran e Koke

Barcelona: Sergio Busquets e Sergi Roberto

Betis: Joaquín Sánchez

Espanyol: Léo Baptistão

Getafe: Jorge Molina e Mark Bergara

Huesca: Juanjo Camacho

Leganés: Jon Ander Serantes, Unai Bustinza e Rubén Perez

Levante: Pedro López e José Luis Morales

Rayo Vallecano: Alberto García e Adrían Embarba

Real Madrid: Sergio Ramos e Nacho Fernandez

Real Sociedad: Illarramendi

Valencia: José Luis Gayá e Jaume Doménech

Valladolid: Borja Fernandez e Javi Moyano

Villarreal: Bruno Soriano e Jaume Costa

Gazeta Esportiva

TAGS