PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Em momentos distintos, Brasil de Pelotas e Avaí duelam no Bento Freitas

De um lado, um time que esboçou uma reação, mas voltou a flertar com a zona de rebaixamento e possui como objetivo principal evitar o descenso. Do outro, uma equipe que não sabe o que é a derrota há seis jogos, ocupa uma das quatro primeiras posições e almeja o acesso. É nesse cenário que, [?]

20:15 | 13/08/2018

De um lado, um time que esboçou uma reação, mas voltou a flertar com a zona de rebaixamento e possui como objetivo principal evitar o descenso. Do outro, uma equipe que não sabe o que é a derrota há seis jogos, ocupa uma das quatro primeiras posições e almeja o acesso. É nesse cenário que, respectivamente, Brasil de Pelotas e Avaí medem forças nesta terça-feira, às 19h15 (de Brasília), no Bento Freitas(RS), pela 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Apesar do empate comemorado no último sábado diante do São Bento pelas circunstâncias, o ponto conquistado não contribuiu muito para a situação do time gaúcho na tabela. Ocupando a 16ª posição, com 22 pontos, o Brasil terá pela frente um adversário que vem de triunfo e dono do terceiro lugar com 32, dois a menos que o vice-líder CSA.

No Brasil de Pelotas, equilíbrio é a palavra da vez. Alternando bons e maus resultados, o time comandado por Gilmar Dal Pozzo não conseguiu engatar uma sequência e segue brigando contra o rebaixamento. Para esta partida, o treinador não terá problemas para escalar o time e, sem jogadores suspensos, a expectativa é de manutenção da equipe em relação ao último jogo.

Quem pode aparecer como novidade, por opção de Dal Pozzo, é o lateral-esquerdo Bruno Collaço. Titular em grande parte da campanha, o jogador ficou fora por conta de suspensão e viu Tiago Cametá ir muito bem, ganhando a vaga na última partida. Porém, até pelo desgaste e o pouco tempo de recuperação, Collaço pode voltar aos 11 iniciais.

Do lado do Avaí, o discurso é de cautela, mas de continuidade na parte de cima da tabela. Para isso, Geninho irá manter o esquema com dois zagueiros que foi adotado na última partida e, consequentemente, culminou na vitória sobre o Vila Nova. Com a ausência de Marquinhos Silva, suspenso, e Alemão, que foi negociado com o futebol árabe, a falta de opções para o setor minou o esquema com três zagueiros.

Outro desfalque para a partida é o meio-campista Rômulo, com uma lesão muscular. Seu substituto, aliás, é o grande mistério. Uma das alternativas é utilizar Marquinhos mais recuado e escalar um atacante de ofício. Entretanto, para não promover mais mudanças, Luizinho ou Lourenço são os mais cotados para assumir a vaga.

Titular absoluto do time, André Moritz destacou a necessidade, acima de tudo, de pontuar fora de casa para se manter na parte de cima da tabela. Além disso, o meia pregou respeito ao Brasil de Pelotas e afirmou ser um jogo de extrema dificuldade.

?Estamos há seis jogos sem perder e isso é importante, pontuar em todos os jogos, ainda mais fora de casa. Estamos totalmente focados no duelo contra o Brasil, porque será um confronto complicado, fora de casa, diante de uma equipe que está buscando se afastar do Z-4. Um jogo como esse é sempre importante, pois se vencermos iniciamos uma uma sequência de vitórias agora para permanecermos no bloco de cima?, ressaltou Moritz.

FICHA TÉCNICA

BRASIL DE PELOTAS X AVAÍ

Local: Estádio Bento Freitas, Pelotas (RS)

Data: Terça-feira, 14 de agosto de 2018

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

Assistentes: Daniel Luis Marques e Fabricio Porfirio de Moura

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Rafael Dumas e Tiago Cametá (Bruno Collaço); Itaqui, Leandro Leite, Lourency, Pereira e Valdemir, Luiz Eduardo

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

AVAÍ: Aranha; Guga, Aírton, Betão e Capa; Renato, Judson, André Moritz, Luizinho (Lourenço); Marquinhos e Rodrigão

Técnico: Geninho

Gazeta Esportiva

TAGS