PUBLICIDADE
Futebol

Valorizado após a Copa, Mina pode deixar o Barcelona e reforçar o Everton

Depois de seis meses, a passagem de Yerry Mina pelo Barcelona pode já estar chegando ao fim. Poucas vezes utilizado na última temporada, o zagueiro conseguiu sair da Copa do Mundo valorizado com boas atuações e três gols defendendo a seleção colombiana, mas nem isso parece ter sido suficiente para convencer o treinador Ernesto Valverde [?]

07:45 | 11/07/2018

Depois de seis meses, a passagem de Yerry Mina pelo Barcelona pode já estar chegando ao fim. Poucas vezes utilizado na última temporada, o zagueiro conseguiu sair da Copa do Mundo valorizado com boas atuações e três gols defendendo a seleção colombiana, mas nem isso parece ter sido suficiente para convencer o treinador Ernesto Valverde e a diretoria do clube catalão a permanecer com seu futebol.

De acordo com o site Goal.com, já existem clubes procurando o Barcelona para conversar sobre Mina, mas um deles está à frente pela contratação. Trata-se do Everton, da Inglaterra, que estaria disposto a pagar 24 milhões de euros (cerca de R$ 107 milhões).

Contratado sob muito alarde do Palmeiras em janeiro, Mina não convenceu o Barcelona em seus primeiros meses e nas poucas oportunidades que recebeu acabou criticado pelo baixo nível em suas atuações. Antes da Copa, o zagueiro tinha cogitado um empréstimo a fim de ganhar mais experiência, mas sua valorização na Copa pode fazer os catalães mudarem de ideia e firmarem uma negociação em definitivo.

Ainda segundo a publicação, foi realizada uma reunião entre o diretor de futebol do Everton, Marcel Brands, e membros da cúpula do Barcelona na última segunda-feira para discutir os moldes da negociação. Entre as possibilidades, está um empréstimo por uma temporada com opção de compra ao fim do vínculo.

Apesar dos rumores que envolvem o negócio, não existe nada concreto. Ao menos é o que afirmou o tio e empresário de Yerry, Jair Mina, ao Mundo Deportivo. ?Não existe nada certo para que o Yerry jogue no Everton?, disse, respaldado em uma reunião que terá com o Barcelona para definir o futuro do jogador. ?Existem muitas equipes interessadas, mas queremos saber se existem planos para ele em seu clube atual. A prioridade é jogar, seja onde for?, completou.

Gazeta Esportiva

TAGS