PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Brigatti lamenta empate, mas elogia postura da Ponte: ?Mostrou superação?

Interino, o então técnico auxiliar João Brigatti voltou a assumir a Ponte Preta em meio a uma fase complicada. Neste sábado, o time empatou com o Oeste por 1 a 1 no Moisés Lucarelli e chegou ao quarto jogo seguido sem vitória na Série B do Campeonato Brasileiro, ocupando a 16ª posição da tabela, com [?]

15:30 | 03/06/2018

Interino, o então técnico auxiliar João Brigatti voltou a assumir a Ponte Preta em meio a uma fase complicada. Neste sábado, o time empatou com o Oeste por 1 a 1 no Moisés Lucarelli e chegou ao quarto jogo seguido sem vitória na Série B do Campeonato Brasileiro, ocupando a 16ª posição da tabela, com apenas oito pontos ganhos. Não foi a reestreia ideal para o treinador, que mesmo assim enalteceu a postura de sua equipe na busca pelo empate.

?A gente sabia que ia ter dificuldade para nos infiltrarmos. O gol do Oeste. saiu de uma falha coletiva nossa e acabamos sofrendo, então no segundo tempo nós utilizamos o Murilo para entrar pelo meio e conseguimos, sim, criar situações de gol. É uma situação difícil que a gente vive no Campeonato, mas gostei do espírito da equipe que mostrou superação?, apontou.

Pelas atuais circunstâncias, Brigatti não considerou o empate de todo mal e mostrou tranquilidade ao projetar o futuro da Macaca na competição.

?Esse ponto conquistado hoje vai fazer muita diferença no futuro. Temos que enaltecer o espírito da equipe. Lógico que falta muita coisa ainda, mas acredito que com treinamentos nós vamos sair dessa situação. Não podemos perder em casa. Temos que ter calma e dar tranquilidade para o nosso elenco. Tem muito campeonato pela frente, não podemos dormir no ponto e isso não vai acontecer?, afirmou.

O processo de evolução da equipe, para o técnico, depende dos treinamentos. O grande problema é o tempo de recuperação dos jogadores em meio à dura sequência de partidas no calendário, que acaba sendo encurtado. Diante destas dificuldades e do enxuto elenco alvinegro, Brigatti admitiu a procura por reforços.

?A sequência de jogos é muito grande. Temos pouco tempo para recuperar os jogadores e treinar, mas com treinamentos tenho certeza que a equipe vai melhorar. A Série B é muito difícil e requer jogadores de força, a Ponte precisa se qualificar para ter mais opções no elenco. A diretoria está atrás desses jogadores, mas não é fácil encontrar, faltam nomes no mercado, não adianta trazer por trazer?.

A Ponte volta a campo nesta terça-feira, novamente no Moisés Lucarelli, pela nona rodada do Brasileirão 2018. Desta vez, o adversário é o Goiás, que também passa por um momento delicado na temporada, mas que vem de vitória no clássico contra o Atlético-GO. É confronto direto pela parte de baixo da tabela.

Gazeta Esportiva

TAGS